quarta-feira, 24 de abril de 2019

REAL IMAGINÁRIO



O mundo imaginário, criado no pensamento, paralelo ao mundo real, alimenta a realidade. O discernimento consciente permite a apropriação mútua dos elementos e estados racionais, emocionais ou sobrenaturais. A energia presente no diapasão e na sintonia, ou frequência, do magnetismo. A magia ocorre ao natural conforme o conhecimento apropriado pelo mago (médium).

As religiões trabalham alegorias. Por vezes, a mitologia confunde-se com fantasia. O próprio sincretismo greco-romano, ou afro-brasileiro, emerge como forma politeísta, assim como na Índia ou Egito, diante o mundo monoteísta judaico-cristão (e árabe). Tal como crêem espíritas ou budistas. O espírito que somos converge ao singular. Criaturas perante o poder superior.

O segredo está além dos nomes. O que trazemos na gente. O que somos. O que cabe como verdadeiro no legítimo 'Eu Sou'. O ser plural-singular. O segredo encoberto. Livre das nomenclaturas ou definições existentes. A essência mudada pelo ecossistema. O caminho escolhido, a verdade escrita e a vida vivida. Enfim, a redescoberta ao início cotidiano.

Quanto às energias elementais, podemos dizer que têm nomes distintos conforme a ciência, filosofia ou religião que as estuda. O que significa cada nome? Em que elemento é encontrado? Como é apropriado, absorvido, puxado ou incorporado? Eis o segredo guardado pelos magos quanto ao sobrenatural.

pazdornelles.com

OBS: Mago é aquele que estuda a relação quântica, elemental ou sobrenatural dos elementos como combustível ao espírito. Incluindo as relações com o mundo material.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Salvo Salvo .'.

Jorge Guerreiro - Nos ajude a vencer demandas. 
Jamais diga 'sai daqui' ou 'sai da frente' ao devoto d'Ogum. Isto ofende o Orixá. Devotos são unidos pela causa.

Muitas pessoas pensam que 'Santos' e 'Orixás' são fraude histórico. Contudo, lhes afirmo que me ajudam desde guri. 

Na Igreja Invisível os adotamos como guias. Ogunhê Axé .'.

segunda-feira, 22 de abril de 2019

O Suicídio virtual, drogas e backup


O suicídio devido ao hackeamento das mídias sociais cresce cada vez mais. Que valor tem a vida? O que faz as pessoas se apegarem tanto à produção virtual? Por que os hakers atacam pessoas inocentes que realizam seus trabalhos na web? Como proteger o conteúdo pontual (aquele em que o backup não serve para nada, por ter data certa à postagem)? Diariamente vejo pessoas se entregando ao álcool e às drogas porque tiveram seus sites bugados. Será que é isto mesmo? Fatalmente, isto ocorreu comigo quando meu youtube foi deletado. Estava há cinco anos longe do pó. Agora estou há dois querendo sair. Como proteger o conteúdo midiático, já que o backup não serve para nada quando a postagem só tem valor no dia? O certo é que isto ocorre com pessoas esquizofrênicas ou bipolares. Mesmo assim, por algo tão insignificante, o que faria um ser humano se matar? O trabalho construído em dez anos ou mais, vale a vida? Certamente que não. Mas vale o esforço em cada produção. Mesmo assim, evitemos brincar quanto à vida alheia. Jesus perdoou nossos pecados. Quem tem Jesus, sabe.




Aos quarenta


Às vezes penso que minha vida está o caos. Principalmente por estar procurando trabalho aos trinta e nove anos. Ainda buscando a estabilidade profissional. Então me lembro dos trinta anos em que pesava 120kg e passava pelas pedras. O pior vício que já conheci. Agora, há mais que nove anos limpo daquele inferno, Mestre em Comunicação, com cinco livros e cento e setenta antologias publicadas. Membro da A.L.M.A.S., penso que tenho que reiniciar nova jornada. Por isto não reclamo mais do tabagismo. Do alcoolismo, marijuana e teco. Aprendi a ser feliz nestes campos em confronto. Embora busque a liberdade dos vícios. Desafiador é libertar-se das marcas ancestrais. Nem sempre nos relacionamos bem com todas as pessoas. Sou difícil ao relacionamento e bipolar. Mas ainda acredito no amor. Sobretudo, no estudo e no trabalho. Venho me virando como posso para complementar a verba. Não é fácil colocar queijo e presunto todo dia na geladeira. Mas aprendi a não reclamar a vida. Olhe ao redor. Desfrute a liberdade. O certo é que sorrir é remédio. Assim como chorar, às vezes. Nem todos ouvem nossa oração. Alias, quem atende e intercede seria como santo. Embora creio no Divino como único Santo e Pai, eventualmente recorro ao universo e natureza ao gritar ''SOCORRO". Nem todos têm família. E quem tem, nem sempre tem boa relação com todos. Nem sempre tem piedade quando era a hora; ou boa recomendação. Embora venho mantendo os laços ancestrais, sinto que devo formar nova família. Ter alguém para lutar junto. Abrir caminhos e desbravar a vida que inicia aos quarenta.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Atos


ATOS EM ATA - Cap I

O corpo é o templo do espírito. Eis que o Guerreiro, trabalhado pelo Divino, escapa do álcool pela água pura. A fumaça cede lugar ao ar puro. A noite, à luz diurna. O médium vem trabalhando-se no processo (autoajuda) ao ajudar-se e aos espíritos presentes decididos à esta escolha. A maioria bebe ou fuma. Mas abraçam o desafio no livre arbítrio.

'O dia (tempo) é o que tem-se para trabalhar as atividades, escolhas e caminhos'.


TUDO MAIS

Isto tudo não é tudo. Definir-se como certo, bom, justo ou forte é limitar-se. Sendo que trazemos conosco isto, o contrário e mais.

GUIAS ESPIRITUAIS

A maioria dos guias espirituais que ajudam este mundo ainda não têm nome religioso.

PRUDENTE

Quanto ao que diz, pensa ou pratica; O prudente está a salvo dos equívocos precipitados; O sábio aprende a aprender; O esclarecido adquire entendimento; O justo respeita a lei; O bom não olha a maldade alheia; O certo é exemplo a ser seguido.

O LOUCO E O MAGO

O Louco e o Mago são como opostos. O 'Zero' vive o questionamento: "Onde ir? Quem somos? O que fazemos aqui?"; enquanto o Arcano '1' sabe o que. No tarô simboliza o início cotidiano. Quando Hórus vence Set e inicia o dia com objetivos definidos. Ou a longa jornada iniciada. O iniciado.

O SER

'Eu Sou' é o segredo que permanece encoberto.

Definir-se, ou definir o 'Verbo, é equívoco. O segredo está além do que sabe-se.

Embora inúmeras religiões definem o ser e o Criador. Ainda somos segredo a ser desvelado. Ou mantido encoberto.


terça-feira, 16 de abril de 2019

Ao Que ?


Deus d'guerra fez a encomenda. Muitos receberam moedinhas no troco, outros se desapropriaram por inteiro do ferro.

Eis que os quais se julgaram cavalos, e violaram os mandamentos, tiveram a cabeça cortada como cães.

O Sol estava no pico, quando vim ao mundo. Era quinta-feira Grenal. No aniversário Farroupilha.

Está por vir, aquela me honrará.

Kao Kao Oke Aro Ogunhe Axé *

"DESTALHO"

Ao trabalho
ou retalho?

Corra 
ou morra
no talho

A fumaça
é trapaça
que está no baralho

Caralho?
Cascalho?
Alho ao vampirismo
Ao confucionismo
Ao ficcionismo
Ao fetichismo

Estamos aqui
no mar das ideias
sangue nos olhos
éter nas veias


segunda-feira, 15 de abril de 2019

Escritos



ESPIRITUAL

Elas me deram anéis e nunca mais as vi. Mas é como se ainda estivessem ligadas em cima.

QUEM SOU

Embora pai. Trago o filho comigo. Não falo do meu guri, que tem vinte e um anos. Mas do filho que fui na infância. Portanto, quando olhares nos olhos deste pai e veres o filho, saibas que ele ainda vive neste homem.

No mais é 'olhos e não me vejam'.

O QUE QUERO LÁ


Deitar na grama ou na areia. Olhar o céu e ouvir o mar. Ouvir os pássaros cantar. Chimarrear ao por-do-sol. Assistir bom filme. Trabalhar, estudar e treinar. Dormir junto e acordar para o café. Coisas simples que nos completam. Isto que quero lá onde estou indo.

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Trabalhando os ancestrais e guias


'Desfumar' o 'pai' (ou o velho) - Prática religiosa em que o médium (Caboclo) ajuda a entidade ancestral, com quem fumava junto, a substituir o fumo por outras coisas. Geralmente dura algumas horas até convencer a 'entidade'. Seguido por dias (semanas, meses ou anos) ao ar puro. Esta prática, por homens, geralmente é feita na terça ou na quinta. Conforme o Orixá Guia.

Eventualmente, 'desfumar' acompanha a desintoxicação alcóolica consumindo o Caah aprontado pelo Pajé (Shaman). Esta prática é posterior, quando o guia (espírito que fumava junto) está 'desfumado' no médium.

Algumas pessoas (leigos) costumam despachar na terra, repartir em banda ou vender em loja, o tabaco por benefícios. Mas desconhecem que se trata dos guias ancestrais. O espírito desfumado, ao contrário disto, permanece (zelado) com o médium.







Oração ao Divino e Orixás


Oh Deus d'guerra,
Senhor dos Senhores

Guerreiro que sou
Como mestre e mago
A empunhar a espada (dizendo)

Sagrado Divino 
Conceda-me
Sabedoria

D'Oxalá, o amor
D'Yemanjá, o azul 
D'Ogum, a guerra
D'Yansã, o ar
D'Xangô, o justo 
D'Oxum, o ouro
D'Oba, a força

Baraque o diga 
A gente se ajuda

Que assim seja


Oração ao Divino e Orixás



Oh Deus d'guerra,
Senhor dos Senhores

Guerreiro que sou
Como mestre e mago
A empunhar a espada (dizendo)

Sagrado Divino 
Conceda-me
Sabedoria

D'Oxalá, o amor
D'Yemanjá, o azul 
D'Ogum, a guerra
D'Yansã, o ar
D'Xangô, o justo 
D'Oxum, o ouro
D'Oba, a força

Baraque o diga 
A gente se ajuda

Que assim seja

terça-feira, 9 de abril de 2019

Registros


Medidas pesadas

Dom Béh queria café (com leite). Oba ofereceu-me frutas. Dom Cam estava pela lei; Dom Que, pela honra em nome das linhas que adotou em destratos feitos. Nos pontos cardeais e espaciais, encomendas nas encruzilhadas, além das rosas e lojas. Na espada do Guerreiro; do machado achado, Axé.

No livro, estão eternizados.

'Zi' (entidade auto-intitulada nesta abreviatura) trabalhava junto à indústria automobilística; Mas foi criado pela indústria tabagista.

Este só bebia café puro. Ao provar o com leite e vodka, foi adotado pelo Bába. Em novo laudo, já aceitava adoçante. Embora utilizemos "Sucre" d'cana.

O visitante perguntava o nome dos mortos.

Caboclo ancestral, intitulado Sepé, disse: "Na América bebe-se chimarrão".

Além das estradas férreas e camisas em algodão. "Aqui fabricamos tudo", disse o estrangeiro a Dom.

'Cuia, erva e avião'.