quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Filho dos Orixás



FILHO DOS ORIXÁS .'.

Quando toca o pai, é d'Ogum. Quando toca o avô, é d'Xango. Quem iniciou a jornada como filho d'Oxalá (Pai Nosso) tem destas coisas. Sabe ser justo ou fazer a guerra. Pois recebe, com facilidade, cada Orixá. Embora sua virtude maior seja amar, orientar e perdoar.

Geralmente perdem o pai enquanto novos. Os avôs, por vezes, antes de nascer. Por isto são adotados pelos Orixás. Embora reconheçam-se como filhos do Criador, trazem, além de Oxalá, Ogum e Xango, como pais. Pois isto, nestas condições (ancestralidade presente), é tudo que possuem.


Dedicam-se mais aos trabalhos espirituais que à própria profissão. Costumam estudar os mais distintos assuntos, por toda a vida. Disponibilizando tempo livre aos guias ancestrais. Colocando o espiritual frente aos compromissos profissionais ou ambições materiais.

Fonte: Segredos do Axé
Edição: Juliano Dornelles

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Pensador


"Eu Sou" é o Criador e o início a todas as coisas.

Salvo na própria ciência em que o imaginário pensamento escreve a realidade.

Mitos, alegorias ou associações, revelam sincretismos imaginários criadores. Realidades transformadas pelos ritos. Encantos quânticos, ou alquímicos, a influenciar destinos. Ação; reação. Causa; consequência. Alimento espiritual.

O ser extrapola o entendimento sobre o ser. O que somos? Simplesmente somos. Enquanto o pensamento criador revela-se no "Eu sou". Exú é o início. Crer que se é o que está tornando-se. Ou deseja tornar-se. Além dos nomes, status, estado ou condição, já existentes. Mas na singularidade que nos faz únicos. Simplesmente somos o que somos. Embora nem todos saibam, com certeza, o que. Enquanto alguns mantém encoberto. Enquanto muitos revelam ou julgam-se tantas coisas. Além disto, o que ninguém sabe.

O estado positivo considera o fenômeno comprovado cientificamente. Além disto, mais é incógnita.

A crença no sobrenatural é experiência espiritual singular que extrapola a explanação científica, influenciando realidades, atitudes e imaginário. Tornando-se instrumento à resiliência, motivação e auto ajuda.

O espírito evolui quando esclarece-se frente ao bem e o mal.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Cigarros



Domingo baixamos
No terreiro
Da praça

Segunda,
Sinais d'fumaça

Avistados
Nas ruas,
Nos bares,
Nos lares

Quarta foram vendidos
Sexta, despachados

Embora
Os guardo
Guardados

Quinta
Sem fumar
Desisti de ti

Terça
Se não fumo
Te perdi

Sábado
Ao ar puro
Perdoei-me
Lembrei-me
Sorri

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

O Mago


1° Arcano Maior. O início; Iniciado. Ao contrário do Louco (Arcano Zero) que vive o momento, o Mago sabe exatamente o que quer, onde ir e o que fazer para chegar lá. Base à jornada racional. O Bom Combate. Este Arcano revela que estamos iniciando algo novo. Fala sobre inícios e reinícios. Como a aurora cotidiana que inicia o dia. Como o rumo determinado. Como o pensamento criador que aponta caminhos.


terça-feira, 3 de dezembro de 2019

7


Sete chaves
Sete espadas
Sete ondas
Sete penas
Sete flechas
Sete estrelas
Sete escolhas

Nas encruzilhadas

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Indo



Desmontando Ninguém, como se o real descesse o cem, o Que (Sou) lhes disse: "Vêm!".

"Valendo o quanto dispõem, sentados como Nenhum, sem dizer 'hã', venham julgar-se Cam".

"Como posso, irmãos. Negar a mente sã".


(...)


Antes disto, o Mestre zerou os bens, para subir além. 'Que assim seja' dispensou dizer 'Amém'.

Mais acima que a riqueza, desprendeu-se da avareza, a zerar o próprio saldo. Carros, campos ou vícios. Libertou-se do precipício, que o Louco beirava.

Oh Grande Mago; O "um" está zerado.

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

O Mago


Mago é aquele que trabalha a magia. Magia é o trabalho que consiste em intervir na natureza. No curso das coisas. Convertendo o que recebemos do cosmos. Transformando a realidade. Canalizando energias.

A magia na relação é a canalização de energias à realização espiritual. Somando forças nos projetos pessoais. Saciando a sede do espírito preenchido pelo amor praticado no ato sexual. Quando o par se une neste propósito, emerge a terceira força. Construída nas afinidades ou sintonia dos interesses.

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Na Jornada ...



Sancho observava, com os olhos abertos, as postagens na mídia, à trama construída. Ser encantado que zomba, como Rossinante, no próprio pensamento que registro. Oh Dulcinéia. Eram Moinhos.

Em viagem astral, sonhava acordado na Terra, o terráqueo avatar do espírito. Mas o sonho que se sonha só era só um sonho. No mundo, inventado das próprias histórias, vagava entre as almas. Até que cruzei-te o caminho.


segunda-feira, 25 de novembro de 2019

O Mestre e os Cam's



O MESTRE E OS CAM'S

"Ninguém, em sã consciência, que queira crescer na vida, se relacionaria com mulheres que pagam o Cam ao ex" - Disse o Mestre.

"NÃO FUME"

"Quanto à Banda do fumo. Quem fuma diariamente continuará pagando a conta. Quem vendeu ou despachou o fumo terá, lá na frente, a terra buscada" - Explanou o Guerreiro, sabendo que isto vale uma banda.

"NÃO BEBA"

"Com o álcool é semelhante. Não beber todo dia. Nem toda a semana. Mas também não vender o álcool em loja, nem despachá-lo na terra, por toda a vida. Pois a restituição da terra em questão é mais cara que o ganho obtido pelo não" - Completou o Mestre.

"NÃO CHEIRE"

"A trilogia dos Cam's trabalhados no Grão, como se fossem dois em um, se encerra no ca-peão do pó. Procedimento semelhante aos anteriores".

"O cá-peão é o direito adquirido sobre a terra em questão após vinte anos consumindo a substância. Após este período, durante vinte anos, a terra (em questão) é trabalhada (livre da) com ou sem o consumo da substância (coca, álcool ou fumo)".

JUST FOR TODAY

O "Just for today" é uma filosofia simples. Em que o "nunca mais" cede lugar ao "hoje não". Permanecendo, assim, livre quanto às escolhas.

É assim que os adictos em recuperação procedem diante o desejo de usar. Funciona com o fumo, álcool e drogas.

Cada dia limpo é dia ganho.

EM SÃ CONSCIÊNCIA
Quem passa por isto, sabe...

"Um fuma (ou bebe) todo ano, mantendo guardada esta terra. O outro fuma (ou bebe) diariamente, rifando o respectivo dia. O terceiro, 'vendeu' o fumo (ou o álcool) por toda a vida e teve tal terra buscada. Eis a diferença, irmãos".