segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Seja Guerreiro



É normal que os médiuns se julguem o próprio Orixá que os guia. Passei por esta experiência mais de uma vez com Orixás diferentes até desmanchar os trabalhos.

Contudo, cavalo d'santo nunca foi mercadoria em loja. Assim como os velhos guias do Axé. Quem trabalha os Orixás sabe o sacrifício que é aprontar-se. Quando confundem-se os estados (lojas e religiões), algo deve ser revisto.

Natural encontrar adolescentes tocando o 'exu menino'. Ou jovens dizendo 'eu fui'. Ou ainda vendendo nos filhos pelo 'eu vi'. Mas Jesus nunca foi, e nunca será, mercadoria. Seria uma ofensa comparar o Cristo com vossos filhos, netos ou irmãos.

Nosso Senhor Jesus está no coração dos cristãos. Assim como no céu donde virá julgar os vivos e os mortos. Evite confundir as coisas.

Jamais confunda o Jesus verdadeiro com os encarnados deste mundo.

No mais, não seja cavalo. Evite julgar-se entidades religiosas. Seja Guerreiro.

O Pai nos ama.

Axé

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Sobrenatural



TRABALHANDO O ESPIRITUAL

Perguntavam que 'Santos' encaminhamos ao Saravá. Ou quantos. Quando isto foi iniciado. Ou por que não dizemos mais os nomes. Mas o segredo mantém-se velado nas Igrejas, terreiros e casas d'oração.

Queriam saber quais foram encaminahos. Ou o porquê contiuam vindo.

Eis que apareceu uma entidade. Julgava-se santo sem ser. Mas acreditava trazer o diabo em si. Procurava Jesus. Foi aberto em cinco eguns. Desmanchados. Sua terra devolvida ao pó.

Então lhes disse: "Afasta-te Satanás"

Zé, que estava ligadaço no 'trampo', é testemunha. Assim como cada espírito que se uniu a nós. Somos um só.

Aos 'verdadeiros' Santos, disse-lhes o que Baraque ensinou-me - "Ajuda-me que te ajudo".

Cam sabe o que é encomendado aqui.

Honra é Glória ao Pai Divino.

Shabbat Shalom

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Poder Superior



QUANTO AO LEGADO ESPÍRITA

Dr. José Ferreira de Moraes, tio avô do meu pai, fundou o primeiro centro espírita no R.S.. Estudou medicina. Morou na França e Rio de Janeiro. Trazia a habilidade de curar com as mãos. Desencarnou na Guerra do Paraguai. Com uma bala perdida de fuzil no peito. Enquanto socorria um soldado. Avisou minutos antes que isto iria ocorrer. Sua experiência espírita era empírica e anterior aos livros do Kardecismo.

DOS SANTOS

Nicolau, que nunca foi Noel, sabe disto. Irmão dos Jesuítas, veio testemunhar Tupã.

"Não fui eu quem matou Joana Dark. Nós só nos encontramos para passear no parque". Joana fumava 'maria'. Mas apaixonou-se pelo caah.

Chimangos e Maragatos estavam lá.

PELA TERRA

Antes disto, os ingleses financiaram a destruição do Paraguai e o individamento da Tríplice Aliança. O povo d'Tupã humilhou-se. Irmãos matando irmãos. O sangue jorrou na terra. Depois disto, ainda reivindicaram Malvinas. Povo que deveria ser livre. Assim como as Guianas. Pondo fim ao colonialismo.

AOS VENERÁVEIS

Espalhados pela terra. Não eram judeus. Certamente. Faziam contratos nas lojas. Acreditavam em Miguel d'Ogum. Mas colocavam, no ânus, tudo que lhes mandassem. Foram aliciados pelos próprios dedos enquanto julgavam-se Cam.


segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Sobre as drogas


Durante décadas, venho testemunhando os depoimentos dos adictos nas salas d'N.A.. Impressionante como as pessoas são capazes.

A sociedade costuma desistir dos adictos. Mas Jesus continua atendendo orações.

Embora pense diferente dos irmãos d'N.A. que testemunham o álcool (como porta d'entrada aos vícios) e utilizam o tabagismo como solução à saída das drogas pesadas tais como o crack (a merla e o oxy). Muitos adictos vêm se recuperando quando cumprem a cartilha.

O certo é que os "doze passos", assim como na Jornada d'Herói, norteiam a recuperação daqueles que desejam salvar-se.

Partilhar a história d'recuperação é o que mais ajuda os adictos. Aprendendo uns com os outros. Soluções e caminhos.

Que o Poder Superior nos oriente.

Ogunhê Axé .'.

Trabalhando a Magia



REGISTROS À DOM CAM
Pelo próprio - Axé

Exu Bara estava na sessão. Buscado por Exu Cabô. Trazendo os Exu Eguns mesmo sendo gente boa. O detalhe é que sempre dizem o que. Embora mintam algumas vezes. Zombeteiros são assim. Alguns caminham o dia inteiro. Ou punheteiam lentamente. Trabalhados pelo medium, aceitam o prato d'pipocas. A fruta e a carne. As moedas e mais. Mas nem tudo é energia. Vibração ou diapasão. Bem vindos irmãos espiritos. Dom Beh é testemunha. Eis que somos um só.

HISTÓRIAS D'PECADOR

Quanto aos Exu Ogans; "Jó nunca foi santo" - Disse-lhes enquanto procuravam 'O um'. Já o velho inglês bebia cerveja em Cambridge. Onde bebemos com Darwin e Newton. Na neve, fumamos 'maria'.

Naquela época; Antes que o primeiro Papa fosse buscado. Passamos pela praça d'Sir ('Sto') Pedro. A pé, baramos pela plaza del popolo, via sacra e fontanas. Até o Coliseu. Una década que se passa. Mais isto é história d'pecador.

TRABALHANDO OS ESTUDOS

Seu trabalho era este estudo. Vice versa é a verdade. Com isto tornou-se escritor. Produtor nas horas vagas; trabalhando no amor.

Havia uma viúva que lhe deu mais que aos outros filhos. Mas a realidade era o contrário. Tudo grátis e no amor. Embora trabalhe pelo extra, Babá gosta mesmo é d'oração. Adotado, oramos diariamente há trinta anos.

Certo dia, disse-me - "Bem aventurados os que têm fome e sede..."

ETNOGRAFIA DOS MASCATES

Na chuva, molhou a mão. Levou pancadas na cabeça. Chegou em casa ensanguentado. Guardou o pila à cerveja. "Compro e vendo" - Dizia o Mestre, a estudar o mercado.

SENHOR DOS EXÉRCITOS

Deus d'guerra encomendou na encruzilhada o que era negociado nas lojas. Buscando onde é d'graça. Bem vindo onde recebe ajuda. Exigiu que cortasse o álcool.

Senhor dos senhores; Rei dos reis. Exu é testemunha. Eguns, anjos e demônios. Ser bom tem recompensa. Ser justo, mais ainda.

Destratou os quais faziam pactos com o diabo. Negociavam o que não tem preço. Vendiam dos quais pedem. Acreditavam em 'Santos' e 'Orixás' entrados em loja. Mas não oravam aos verdadeiros.

A terra d'Tupã está demarcada.

Ao justo, o mesmo e igual. Ao bom, o semelhante.

Que Jesus esteja em cada Cristão.

"Eu Sou" nos ama.


quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Guará é daqui


Isa agradece aos franceses pela (atenção dispensada) estátua d'liberdade. Eis que nesta terra, brancos, negros e índios, nascem livres. Lembrando que nem "fui eu quem matou Joana Dark. Só nos encontramos para passear no parque". Perguntou-me o nome do 'valo' e aceitou fumar 'maria'.

O grande rio corta o Novo Mundo, onde Pajé depositou a erva d'Caáh. Quinhentos anos após Anchieta. Tupã agora sorve o chá e estende o domínio sobre as matas. A soja e os bois se alastram por todo o continente.

Evite chorar Guaraci. Aqui tem guaraná.


Honra ao Sagrado


Muitos perderam a vida espiritual. Desonraram os Orixás que acreditavam antes disto acontecer. Pois quando alguém lhes mandava, colocavam o dedo no anus imaginando o que pediam. Ou limpavam as nadegas com cédulas circulantes. Mas nada sabiam, nem no céu, nem na terra, nem acima, nem abaixo, pois imaginavam-se uns sobre os outros.

Este era o "destrato feito". A falsa Iemanjá e o falso Miguel foram desmascarados frente aos verdadeiros Santos. Julgavam-se Cam (irmão d'Jafe) sem ser. Cam, que bebe chimarrão com Tupã, veio nos contar. Ao descarrego, Afasta-te Satanás.

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Bem Social


O universo é racional. O que acontece em nossas vidas tem uma razão d'ser.

A ética é uma reflexão sobre a moral e o bem comum.

O sofismo pregava o bem individual. Elevando o indivíduo. Enquanto os socráticos, o bem social coletivo.



Pai Divino



Que o Divino E.S. nos oriente :)

"Esqueça os nomes" - Disse o Mestre - "Vos adotei num só espírito. Agora, somos um só".

Não olhei os pecados alheios. Mas a fé que nos move. O amor sempre será maior que a discórdia. Reserve tempo ao Cristo. Jesus está Conosco.

Eis que foram encontrados nas encruzilhadas. Em torno das mesas dos bares. Nas bocas, praças e ruas. Vieram pelo livre arbítrio. Alguns estavam embriagados. Outros atendiam por nomes religiosos. Esclarecidos ou doutrinados, casamos no Mestre que nos dedica atenção em tempo integral.


ESPÍRITOS

Queriam saber que trabalho realizamos. Os reunimos em falanges.

A terra foi devolvida ao pó. Os mortos estão enterrados. Mas seu espírito veio até mim. Venha ver; Veja bem; Olhe lá; Viu só! Reconhecendo os milagres que o Pai Divino vem operando. Pelo livre arbítrio; os fiéis continuam conosco.


"Buscai primeiro as coisas do céu. O mais vos será acrescentado".



Tupã seja louvado


Quando os Orixás baixaram na terra, beberam e fumaram.

Mas o Divino lhes pediu para libertarem-se d'terra. "Pai Divino é quem nos usa" - Disse o ser vidente.

Mas Tupã insistiu: "O céu é aqui".

Inclusão



"Quem vê cara não vê coração" - Diz o ditado. Portanto não confunda funda com bunda. Embora pais e filhos, sejamos irmãos.

Ninguém é melhor que ninguém. Portanto ninguém deve estar acima d'ninguém. Isto é promover a inclusão e igualdade social.

O que está acima é como o que está em baixo. Somos um só. Acima d'Humanidade, apenas o Pai Nosso.

O d'cima sobe. Mas antes baixou na terra. Eis a verdade.

Jesus abençoa.


segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Além das encruzilhadas



AVANTE E AO ALTO

O Mago fez a encomenda. Sentindo-se lá, disse: "Eu sou". Embora estivesse contando as moedas ou acertando contas. É a riqueza que quer na própria subida. É assim que sente-se em cada ganho e aquisição.

Os exus também estão na sessão. A subida está no caminho. Sempre em frente, há bastante a fazer.

Determinadas outras coisas que lhe ofereciam foram repartidas com o bando em banda.

Lá na frente, queria fazer o que está fazendo agora. Sentindo-se no futuro, disse: "estou lá".

CAMINHOS

Nos objetivos pessoais, o estudo é o caminho para avançar. O trabalho, para subir.

DESTRATO FEITO

Seu cigarro branco d'banda foi pedido em loja. Mas como diziam ser o mais caro do mundo. Repartiu com o povo d'rua, como oferenda em mãos, gratuitamente para que fumassem felizes. Isto era tudo o que queriam enquanto bebiam cachaça nas calçadas. Mas isto foi numa sexta-feira ao poente. Quando disse: "Saravá povo d'rua"

Ogunhe Axé .'.

sábado, 19 de outubro de 2019

Mitos



DESCONSTRUINDO MITOS

Desmistificando aquele que foi (digamos) meu 'santo protetor' na infância (sua imagem estava na gruta da velha casa em que nasci). 'Nino de Praga' nunca existiu. Tal 'santo' foi um "tiro" inventado pela Igreja Católica. O verdadeiro Jesus está além dos sincretismos.

Quanto à imagem da gruta. Eu mesmo a joguei no rio em que banho-me no Natal. A outra imagem, mais recente, que trouxe pra casa, quebrei com golpes de martelo quando li a passagem em que Jesus fala sobre os ídolos.

DEUTERÔNIMO 5

"6‘Eu Sou Yahweh, teu Deus, aquele que te libertou e fez sair da terra do Egito, da casa da escravidão!

7Não terás outros deuses diante de mim.

8Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem, de nada que se assemelhe ao que existe lá em cima, no céu, ou cá embaixo, na terra, ou nas águas que estão debaixo da terra".

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

"Batei e vos se abrirá. Em minha casa sois bem vindos"



PSICOGRAFIAS DO SUBCONSCIENTE - DIÁRIO DO MÉDIUM

A entidade veio se arrastando. Pedindo para voltar. Mas, em verdade vos digo, que não a conheço. Mesmo assim, lhe disse: "Levante-te a anda. Tua fé te salvou".

Ao mesmo tempo, apareceu uma velha senhora em pé, vestida de branco, cujas as mães de santo de Oxum, por ela, eram chamadas filhas.

Então, a velha senhora disse: "Temos que arrumar a casa".

Logo baixou um velho senhor, que pensei ser o Senhor do Bonfim. A velha senhora disse: "Este é meu Pai".

Tive que lavar o chão para que Ele pudesse entrar. Embora sentisse como se estivesse sempre aqui.

Como se Aquários tivesse iniciado. Ainda estamos no início.

"Beba 'água' e lave o rosto" - Disseram-me.

Outros velhos e velhas vieram. Eram vermelhos e azuis. Estavam arrependidos ou envergonhadas. Por algo que não quis saber. Desejavam ser bons. Os adotei. Beberam água, se abraçaram e choraram. Até que se tornaram brancos de luz.

Num só espírito, se transformaram em uma pomba que entrou no meu ser pelas costas. Enchendo os pulmões de ar.

Da janela, saudamos a chuva.

O certo, bom e justo


O que seria o certo, bom e justo?

A verdade é que cada qual tem as próprias medidas. No próprio ponto visual, creio ser certo cuidar a própria vida. Ser bom é fazer o bem. E justo é retribuir coisas boas.

Nada querer dos outros ou sem. Salvo dos quais não querem. Ajudar quem nos ajuda enquanto nos ajudam.

Perdoar quem está do lado oposto a isto e defender o próprio território de interesses. Jamais se retirar dos outros com os próprios estados de domínio.

Não deixar ninguém para trás. Tampouco abaixo de si. Ajudar quem pede ajuda, merece ou precisa, quando possível.

Reparando danos quando alguém é prejudicado, marginalizado, humilhado ou ofendido.

Lembrando que "Pois com o critério com que julgardes, sereis julgados; e com a medida que usardes para medir a outros, igualmente medirão a vós".

Que assim seja

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Filosofando


QUANDO O DISCÍPULO SUPERA O PRÓPRIO MESTRE

Sócrates cumpriu sua missão como mestre, fazendo com que o discípulo Platão fosse além dele. Embora tivesse destruído os sofistas em seus discursos, foi condenado à morte por sicuta. Sócrates, diferente da maioria dos gregos em sua época, negava a existência dos deuses.

A SOCIOLOGIA E O POSITIVISMO

A sociologia surge após a Revolução Industrial. Ciência definida por Augusto Comte. Fundador do Positivismo e criador da Igreja Positivista no mundo. Com postura evolucionista e cientificista.

Conforme Comte, a sociedade passa por três estágios: teológico, metafísico e positivo. Seu método buscava compreender as leis sociais, mantendo a neutralidade quanto aos objetos estudados, com foco no progresso.

Durkein tentou levar à frente as ideias de Comte. Buscando a coesão social. Afirmando a sociologia como ciência autônoma. Conforme Durkein, a educação é o que possibilita o progresso. Focando no coletivo frente ao individualismo. A sociedade frente ao sujeito. A divisão social do trabalho e o capitalismo como modelo ideal.

Assim a sociedade se tornaria inclusiva. Acabando com a marginalização. Sendo que cada indivíduo atua como engrenagem à máquina social. Considerando as singularidades individuais e a pluralidade coletiva.


Atos em Ata - II.III



MESTRES MILENARES

Jesus, assim como Sócrates, pensava diferente da grande maioria em seu tempo. Desafiando os modelos vigentes na época. Ambos foram condenados à morte por isto.

Os respectivos caminhos abertos ainda norteiam vidas. Embora nada seja igual.

A IGNORÂNCIA E A SABEDORIA

Alguns diziam-se ignorantes para passarem-se por sábios ou socráticos. Outros sabiam que nada sabiam. Por isto não opinavam, nem discutiam, sobre nada.

O verdadeiro socrático buscará o saber empírico, etnográfico ou dialógico, formulando as próprias conclusões. O pseudo-socrático dirá que nada sabe.

ALEGORIAS, INGENUIDADE OU IGNORÂNCIA

Ainda viviam no mundo das alegorias. Vendiam o próprio sol e própria lua ao dizerem (ou pensarem) ter visto alguém. Santa ingenuidade ou ignorância.

Jamais confunda os astros com seres encarnados. Isto é mera imaginação.

OFERENDAS

Alguns o viram; Muitos o negaram; Outros o venderam. Salvo em si, agradecendo os despachos, preferiu oferendas.

O BRANCO ESPÍRITO

Desde aquele pleito, que votou em si, Babá vota em Branco, dizendo: "Branco Eu Sou" - Completando: "Sou eu mesmo".

Por toda a vida, sempre em frente, manteve o costume.

Das velas que recebeu em casa, uma tem sete cores, algumas tem duas, outra tem três e, a de sempre, branca.

DAS PORTAS QUE BATEU

Pela amarela lhe pediam a vermelha e a azul. Mas Babá, recebendo as oferendas, preferiu preservar as cores no Branco.

À sua casa, trouxeram velas, alimentos, bebidas e oração. Ainda há quem ofereça todo o santo dia.

BABÁ E O BRANCO VELHO

Lhe ofereciam uma velha entidade na terra em troca do seu velho. Mas o Mestre encaminhou a própria à Igreja Invisível do Reino Divino e, salvo, trabalha o Branco nos próprios afazeres.

O certo é que Babá adotou Oxum. Mas, solteiro, casou-se com Oxalá. Enquanto as faxineiras continuam sendo bem vindas.

O vermelho do branco continua sendo branco, sabendo que jamais será azul.


terça-feira, 15 de outubro de 2019

Logos



SINCRETIZANDO 

Nem Zeus; Nem Odin. Mas Tupã é quem traz raio e trovão.

Bem vindo ao Novo Mundo.

A ORIGEM DOS TERMOS

"Filha de Tupã, Jaci é irmã-esposa de Guaraci, o deus Sol. Filho de Tupã, o deus Sol auxiliou o pai na criação de todos os seres vivos. Irmão-marido de Jaci, a deusa Lua, Guaraci é o guardião das criaturas durante o dia" (Wikipedia)

Assim, Tupã (aos índios) manifesta-se no raio e trovão (Zeus aos gregos), sendo conhecido como o Criador ("Eu sou" ou o Verbo, aos judeus) e pai de todos (Odin aos nórdicos). Tudo é apenas uma questão de nomenclatura.

Nisto, Guaraci é o nome que os índios deram a quem os egípcios chamavam Rá (o Sol). Para muitos, Jesus (filho de Tupã).


segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Psicografias do Subconsciente


A ENTIDADE

A entidade dizia que a maioria dos vivos não têm tempo aos mortos. Ou, ainda; que os invocam sem autorização. Muito ocupados com trabalho ou família, esqueceram-se de orar à ancestralidade. Tratei de adotar os quais vieram por livre e espontânea vontade.

O ESPÍRITO

Foi quando ofereceram vinho ao 'santo' em troca da vida espiritual. Mas o Mestre bebeu com Baco. Que logo emergiu Dionísio. Numa só voz, dizendo: "Eu sou deus".

Negado por muitos, despachado por tantos e vendido por alguns. Buscado, agora bebe água.

Perguntei-lhe qual o seu 'santo'. Num gole, disse-me ser 'espírito'.

NINGUÉM

Naquele dia; não o viram pai, pois trazia o sorriso do filho. Nem o aceitaram filho, pois trazia os olhos do pai. Embora chamasse todos de irmãos.

Foi quando o cavalo veio até mim. Disse que seu nome era Ninguém. Embora andasse com os mortos, parecia mais vivo que os encarnados. Sua luz branca emanava do espírito.

Desmontei-o, e levantei-o num piscar de olhos, automaticamente, quando cheguei em casa. Então ouvi sua voz, de dentro, dizendo: "Sumi".

ANJO NA TERRA

Era sexta-feira, antes da meia noite, quando Baraque encontrou Metatron. O anjo agia como demônio. Estava entre os punks, bebendo no meio fio. Na terra, atendia pelo codinome Zi. Mas ninguém sabia quem era. A maioria nem o via. Foi quando o Mestre disse: "Levanta-te e anda. Vem e segue-me".

Na oficina, pediu-me um caderno e caneta preta. Logo, citou vários nomes por escrito, dizendo: "Estes foram chamados".

Quim respondeu: "Estão enterrados".


terça-feira, 8 de outubro de 2019

O espírito familiar e o ca peão da terra fumante


Eis que nasci e o Sol estava no pico. A cada manhã, trabalho para subir até o posto em que completo mais 24h.

Conforme o Candomblé, "o de cima sobe". Ou deveria ser assim onde há a bênção do Axé .'.

BEN HUR E ARIMATÉIA

Ben Hur e José de Arimateia também foram vendidos. Ainda hoje, pessoas são vendidas nas lojas. Embora encontradas e adotadas por outras.

A maioria não tem interesse em readquiri-los. Certa vez que o preço é caro.

A pergunta é: "Por que não vendem os próprios filhos como escravos?". "E se fossem vendidos por pouco mais que nada?". "Isto é justiça?".

Abram os olhos, irmãos. Alguém vê tudo.

JOSÉ DO EGITO

José foi jogado num poço e vendido pelos irmãos como escravo. No Egito, o faraó o adotou ao descobrir seu dom singular.

José trazia o dom da interpretação dos sonhos. Num sonho, previu sete anos de vacas gordas e sete anos de vacas magras.

Neste episódio, o povo judeu teve como retorno, 200 anos de escravidão na mesma terra.

Com isto, entendemos que ninguém sai ileso das leis divinas. Nem mesmo o abençoado povo de Deus.

O PAI É JUSTO .'.

Que o universo (e natureza) retribua o mesmo e igual (cada sim e cada veto) aos quais nos ajudam ou hesitam em ajudar (independente dos respectivos vícios ou virtudes). Que assim seja. Axé .'.

ISTO É d'LEI .'.

Eles pediam consentimentos do espírito familiar fumante. Mas este, fazendo uso do ca peão da própria terra fumante, escolheu a quem conceder o quanto foi pedido. Antes, que fosse concedido a si próprio; por "direito adquirido" (justo d'Lei).

Porto Alegre, 8 de outubro de 2019 - 9h *

OBS: Antes de me oferecerem tabaco, cachaça ou drogas, saibam que prefiro oportunidades profissionais. Que O mesmo e igual seja retribuído aos teus. Que assim seja*


segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Igreja Invisível



O espírito inquieto vagava além das encruzilhadas a firmar pactos com os demônios. Muitos deles, anjos na terra, desejavam retornar à luz. Mas o diabo os impedia. Contudo, na Igreja Invisível, os pecadores que abandonassem o pecado eram os eleitos. Pai Divino, trazendo a virtude, orientou os guias a conduzirem os trabalhos em nome do Cristo.

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Negócios na encruza



Baraque estava na encruzilhada. Ajudado pelo Tata e orientado pelo Baba. O diabo pedia os vícios em troca dos benefícios que o Mestre reivindicava. O tabaco, a cachaça e a pedra. Os dois primeiros foram oferecidos ao povo da rua como oferenda. O terceiro, enterrado na cozinha.

O Mestre preferia trabalho digno nos sete dias da semana. Mas a terra demorou a lhe facilitar os benefícios. Muitos filhos pediam pedra desde manhã cedo. Enquanto o Mago pede trabalho. Zé apressou-se em negociar tais drogas à Banda Quim.

Baraque sabe o que quer.


terça-feira, 1 de outubro de 2019

Filosofia Grega


Assim como os pré-socráticos estudavam a natureza, os socráticos estudavam a humanidade.

O elemento singular à origem é comum no pensamento pré-socrático. Tales d'Mileto dizia que "tudo é água".

A 'escola' filosófica não é física, mas corrente d'pensamento.

Pitágoras falava em reencarnação. Heráclito, em mudança ou transformação.

Demócrito definia o átomo indivisível.

O espírito, o indivíduo e o cidadão em estado humano. A moral e a ética.

Ao tempo, o 'por vir' é fluxo contínuo. Em que tudo se move sempre em frente.

O infinito extrapola o tempo.

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Quanto às drogas



Até bem pouco tempo, diziam-me: "Fume, beba, cheire, enquanto os nossos trabalham e estudam". Agora estudo, trabalho e treino, enquanto muitos continuam chapados, bêbados ou cheirados, a estas horas da manhã. 

A verdade é que sempre quis ajudar os adictos a se libertarem das drogas. Mas, nisto, o primeiro a ser ajudado deve ser eu mesmo. 

Quem sabe com quem andava, sabe o que estou falando. Ao ponto de dizerem: "Se mate. Se jogue da janela". No entanto, cada lugar sabe o que quer e a quem apoiar. Não me envolvo mais. Daqui pra frente, ajudarei quem me ajuda. 


sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Subconscientes


Os mortos estão enterrados. Mas o espírito ainda vive iluminado. O médium traz a mensagem. Criptografias subconscientes. Enigmas ou alegorias. Representações imaginárias. Criaturas, criação, Criador.

As Leis mostram caminhos. A honra emerge no justo, bom e certo. Escolhas determinam destinos. Causas ou consequências.


quinta-feira, 26 de setembro de 2019

O Sobrenatural


Amom louvava Atón. Matando os outros deuses. Os sumérios inventaram a escrita. Mas foram os fenícios que inventaram o alfabeto. Tott trouxe a mensagem. Rá ilumina o mundo. Hórus nos testemunha. Definições a Tupã, o Verbo.

Baraque atravessou a encruzilhada. Adquirindo novos saberes. Compartilhando, na espada, o conhecimento adquirido. Interagindo com o macroambiente. Conectado às forças naturais. Esclareceu-me sobre as leis, obrigações, direitos e deveres. Em versos, nos livros, está escrito.

O Jesus dos ateus está enterrado no ceticismo quanto ao sobrenatural. Mas, na Igreja Invisível, vive o verdadeiro Cristo, na fé, na esperança e no amor. Na sorte dos Santos e Orixás, cremos no Mestre.

Os espíritos acompanham o Mestre há bastante tempo. Guias, Obsessores ou Zombeteiros. Juntos criamos a Igreja Invisível. Em que o pecador, na remissão, é o eleito. Chamado ao caminho. Enquanto o Verbo, divindade que traz vários nomes, manifesta-se na espiritualidade, crenças e ritos individuais ou coletivos. O plano sobrenatural é imaginário e real. Escolhas e consequências.



quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Forças naturais


Baraque atravessou a encruzilhada. Adquirindo novos saberes. Compartilhando, na espada, o conhecimento adquirido. Interagindo com o macroambiente. Conectado às forças naturais. Esclareceu-me sobre as leis, obrigações, direitos e deveres.

(...)

Amom louvava Atón. Matando os outros deuses. Os sumérios inventaram a escrita. Mas foram os fenícios que inventaram o alfabeto. Tott trouxe a mensagem. Rá ilumina o mundo. Hórus nos testemunha. Definições a Tupã, o Verbo.

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Cavalo d'Santo


Babá estava consciente que o trabalho está iniciado. O Mago é o Médium que trabalha as entidades reunidas nesta obra. Mestre Guerreiro que deveria honrar o sangue vermelho que corre nas próprias veias. Conforme venerou Táta. O Shaman é o cavalo dos santos e orixás. Baraque é a espada que engloba o conhecimento adquirido. O Verbo, o Criador. Tupã é Pai, Bom e Justo. Axé .'.


segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Atos II.III


Zé passou o café. Sete aprontava a erva ao caáh. Quando Pajé reverenciou Tupã.

Na Igreja Invisível, entidades, mitos ou alegorias, são espíritos e guias iluminados. O sobrenatural alimenta o imaginário; e este, a realidade. 


terça-feira, 17 de setembro de 2019

Mitologias do Imaginário



'Zi fio' foi criado por Oxalá (Santo Protetor: Menino Jesus, Coração d'Jesus, E.S. ou Senhor do Bonfim) quando guri. Embora tenha conhecido os caminhos da vida, conheceu o pecado, aprendeu a fazer a guerra e a justiça. Mas jamais negou o Cristo verdadeiro. Nem mesmo trocou por qualquer filho visto. Sabendo que os encarnados vivem a natureza pecaminosa. Tendo como aliados, Ogum e Xangô. Embora deteste quem faz tratos com Kan (pelo fato de que não creem que o Cristo seja o Deus verdadeiro). Estes costumam ser destruídos por Zí.

Enquanto isto, Baraque trabalha o dinheiro, o ferro e a terra. As encruzilhadas e as encomendas. Os orixás na espada. Os demônios como anjos. Os espíritos como guerreiros. Contudo, trabalha isto e as compras, independente de Kan. Sendo que as vendas deste (nas lojas e lua), são encomendadas pelo próprio Baraque (nas encruzilhadas e na terra). Baraque (na justiça de Xangô e na guerra de Ogum) é adversário de Kan e aliado de Zi. Pelo fato de que Kan não respeita Jesus como Deus. Enquanto Zi o venera.

Zi afirmou que aqueles que fazem trato com Kan, negam Jesus Cristo como Deus verdadeiro. Alguns o 'vendem' (como cavalo) nos filhos ou parentes dizendo 'eu vi neste' ou, até mesmo, encomendam aos netos. O que é uma ofensa ao mundo cristão, quando comparados ao nascimento do Cristo verdadeiro há dois mil anos. Cristo é aquele que foi crucificado pelos nossos pecados.

Zi coloca o ponto final na venda, ou encomenda, das subjetividades ('identidades' espirituais). Dizendo que o sobrenatural é incomparável ao mundo dos encarnados. Quando baixa na linha, esta termina em si.


segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Aos Navegantes .'.


"Mentiu pro tio? Contou pro vô? A casa caiu? A cobra fumou?"

Zi avisou: "Quem utilizou o peso da vingança será vingado. Quem foi piedoso, está perdoado. Evite confundir a piedade com o 'Jesus perdoa'. Isto é justiça. Esta não é a justiça de Ogum, Xangô ou Kan. Eis a justiça de Zi. Portanto, daqueles que vendem pela lua (empreendimentos, ideias, investimentos, pedidos ou encomendas), na terra, serão 'comprados'".

"O vendido será 'buscado'" - Completou Baraque.