terça-feira, 21 de maio de 2019

O Guerreiro Justo - Desafios são oportunidades


Certo que são os desafios que movem o guerreiro. Saber o que quer é o diferencial ao plano estratégico. Conhecer os territórios a serem desbravados é vantagem competitiva. O desenvolvimento pessoal, profissional e espiritual, é proporcional à aprendizagem que adquire na sequência dos combates. 

Vencer as demandas e cumprir a missão a que se propõe é o que torna o guerreiro singular nas batalhas. O agendamento dos cronogramas deve ser organizado conforme os objetivos a curto, médio e longo prazos. Desenvolvendo habilidades e competências necessárias à luta cotidiana.

O mundo é o laboratório e a vida é a escola onde o guerreiro realiza experimentos e adquire conhecimentos necessários para vencer. A sequência das batalhas cotidianas revela o quanto é importante ter o plano definido. O destino é consequência do rumo escolhido. O guerreiro sabe disto. 


quarta-feira, 15 de maio de 2019

Trabalho Digno


O mundo do trabalho está, cada vez mais, desafiador. Venho me aventurando nas buscas por oportunidade há bom tempo. Mesmo tendo faculdade e duas pós-graduações, cheguei a me aventurar como ambulante. Vendendo guarda-chuvas na chuva, cola bonder e barbeadores no trem. Certo que isto foi em outra época. Mas os tempos não estão fáceis.

Embora busque algo na área (Comunicação), também estou aberto a outras oportunidades. Sou bom com vendas, atendimento, divulgação e produção midiática em geral. Venho enviando currículos e divulgando serviços na web diariamente. Mesmo assim, sobra tempo para fumar e beber. O que não é bom negócio a quem desejaria estar na batente.

Por isto, aproveito este espaço. O blog do escritor, Para manifestar esta busca. Colocando-me à disposição para novas oportunidades. Certamente, encontrar trabalho digno é a prioridade no momento. Frente aos relacionamentos ou saídas noturnas. Sei exatamente o que quero.


terça-feira, 14 de maio de 2019

Às mudanças


Despertar toda manhã pronto às rotinas cotidianas é o desafio ao Guerreiro que sabe o caminho para vencer os desafios. Ter tudo anotado na agenda é otimizar o tempo. Aproveitando melhor cada período produtivo ou ao lazer. Aproveitar o dia é ocupar-se na melhor forma possível. Aproveitando cada momento nas atividades que acrescentam algo. Seja produzindo, prospectando, atendendo ou se aprimorando através do estudo.

O mundo é o laboratório em que o Guerreiro realiza os experimentos. Quando existe o plano estratégico, o guerreiro utiliza melhor o tempo. Ganhando tempo semd esperdiça-lo com futilidades. O ócio é substituído por atividades construtivas. Bastante daquilo que temos como demandas é apenas resíduo das vidas passadas. Vidas imersas na vida. Legados da nossa juventude, infância ou memórias recentes, que trazemos até então. Resolver estas questões é estar em paz consigo próprio.

O espiritual influencia diretamente o Guerreiro. Alimentando-se do emocional que, por sua vez, alimenta o espiritual. Focar-se no que realmente importa é o que move o Guerreiro ao desenvolvimento. Vencer demandas é mais do que tornar-se resiliente naquilo que deseja. É abrir caminho ao novo. Transformando a realidade a partir das mudanças no comportamento pessoal e na forma como lidamos com o mundo. 

Nisto é necessário desenvolver habilidades continuamente. Recriando-se sempre que possível. Assim, os desafios se tornam como oportunidades ao desenvolvimento. Abrindo caminhos ao progresso. Baseando o comportamento na ordem ao eliminar o caos. Firmando parcerias onde o crescimento é desejado. Criando conexões onde há possibilidades à evolução.

A decisão ocorre quando o Guerreiro clama ao universo a mudança que realmente deseja. Desde o pensamento inicial à atitude prática, o Guerreiro encontra-se como num umbral onde tenta fugir dos velhos vícios, reconciliando-se com o ecossistema coletivo e aliando-se aos aliados em potencial. Neste momento, o Guerreiro não está mais a sós. O Divino ouviu sua prece. E o diabo, mais ainda, quer sua alma. Ao reconhecer o valor que tem diante os demais mortais. Por ser forte ao querer mudar. Ao ser digno ao operar as mudanças que deseja. 




sexta-feira, 10 de maio de 2019

Trabalhos abertos



Dentre tantos zombeteiros, este era diferente. Aparecia avermelhado. Andando d'um lado a outro. Como um diabo. Junto a ele, outro julgava-se Bará. Então o espírito se desdobrou em dois e um sumiu.

"Ninguém é santo" - Disse o diabo.

Como Mestre, tratei em abrir os trabalhos. O café servido a organizar as ideias. Por o texto em ordem.

Mesmo assim, o espírito presente degladiava-se com o visitante. Como se fossem apenas partes do meu próprio pensamento. Embora este imaginário fosse bem real.

Uma diaba andava d'um lado a outro. Inquieta como se estivesse em uma jaula. Olhava sobre as mesas. Procurava os cigarros que já não estão mais aqui. Desde o "Saravá povo d'rua".

(Desarmado) O Guerreiro encontrou a Baraque sobre a mesa. Dentre as moedas e canetas, havia a chave. Ser o próprio espada (arma, ferramenta, instrumento).

(...)

Como se tivesse baixado o Divino, para cortar o álcool e beber água. Desfumado estava o Guerreiro. Pronto ao sábado.

A encruzilhada esfumaçada sucedia desde que cruzei o caminho com uma bruxa. Seria preciso fazer o passo.

Os galos estavam mortos. Na esquina. Pretos ou vermelhos. Como oferenda pela cabeça canina.

Uma pomba cinza, alfinetada no coração, fora sacrificada ao Mago. Encontrada, estava sobre a calçada, no chão.

Havia uma galinha vermelha degolada na esquina abaixo. Mas isto foi antes que provasse o galeto na igreja.

Além dos charutos, frutas, bebidas, moedas ou pipocas. Velas em multicores.

As encruzilhadas foram mapeadas formando desenhos.

Espelhos quebrados e uma galinha preta sem coração no parque.

Vinte e duas cabeças ovinas estavam na orla.

Costumo encontrar estas coisas. Como o galo branco na virada.

Pedro também zombava do diabo. Em dia chuvoso, à aurora, bem vindos raios e trovões.

O eguns (demônios; anjos caídos) foram chamados à luz (dia). Eis que nos ajudamos.



quinta-feira, 9 de maio de 2019

Tolerância Religiosa


O fundamentalismo religioso, assim como fanatismo e o radicalismo, vem colocando em risco a paz mundial. O que me refiro está além da guerra santa entre árabes e judeus. Falo sobre os fundamentalistas evangélicos que, constantemente, apontam outras religiões como politeístas ou hereges. Principalmente quando falamos das religiões afro-brasileiras, o espiritismo, o catolicismo e a magia. 

O certo é que a paz mundial requer tolerância. Entender que nem todos temos a mesma crença. Sendo que cada indivíduo tem o direito em optar pela religião que quiser. A liberdade religiosa é política. Contudo, o fanatismo vem destruindo os relacionamento pacífico entre pessoas que encontram-se em diferentes religiões. 

Por outro lado, a discriminação ocorre até mesmo dentro dos templos. Católicos são acusados por cultuar os santos. Certa vez que a bíblia cristã fala em ter apenas um Deus e Senhor. Mesmo assim, religiões diversas, ditas monoteístas, cultuam infinitas entidades. A cada dia são somados novos 'guias' ou referências aos devotos. O que acaba confundindo a fé das pessoas. 

A solução continua sendo a aceitação. Jesus disse que guerras seriam iniciadas em seu nome. Apesar disto, sempre colocou-se a favor do que chamamos paz coletiva. Nisto, acrescento o budismo, o espiritismo e inúmeras outras crenças que defendam a paz, o respeito e a tolerância. Certamente, nenhuma religião é melhor que a outra. Apenas há o momento adequado a cada pessoa. Enfim, a tolerância religiosa, assim como a política, é o passo inicial à paz mundial. 


quarta-feira, 8 de maio de 2019

O Guerreiro, a espada e o combate


Geralmente me coloco como o guerreiro que está na batalha para vencer os desafios cotidianos. Mas, enfim, o que é ser guerreiro? Ser guerreiro é impor-se ao caminho. Perseverar e persistir nos objetivos. Lutar pela causa que defende. Aprimorar-se continuamente ao combate. Cumprir a missão e as obrigações a que se propõe. Encarar os obstáculos como oportunidades. Batalhar pelo desenvolvimento pessoal e profissional. Saber trabalhar em equipe e individualmente. Acreditar em si próprio. Prevalecer na batalha cotidiana. Insistir naquilo que acredita. Abrir caminhos alternativos. Trilhar a jornada com fé e confiança na própria espada.

Mas que espada estou falando? A espada do conhecimento. As habilidades e competências. A informação. A espada geralmente é associada aos objetos que utilizamos. Eventualmente, poderia ser a caneta que o escritor utiliza. As moedas que o comprador traz na carteira. A chave que abre portas. As próprias atitudes. O comportamento e a linguagem. A espada simboliza aquilo que temos para chegar onde estamos indo. O projeto no seu início. A ferramenta que utilizamos no dia-a-dia. Os saberes que guardamos em segredo. As vivências e experiências em combate.

Que combate? A luta cotidiana. Pessoal e profissional. Pelo lugar ao sol. Entrar em forma. Conseguir trabalho. Prospectar clientes. Ganhar dinheiro. Vencer os vícios. Desenvolver as virtudes. Abrir o próprio caminho. Encontrar-se consigo próprio. Vencer demandas. Prevalecer na vida. Com isto, o guerreiro está pronto para vencer.

terça-feira, 7 de maio de 2019

Evoluir é desafio



Que missão temos neste mundo? Já se fez esta pergunta? Evoluir é extrapolar expectativas. Avançar requer recriar-se continuamente. Que desafios nos movem? Que caminhos escolher? Como recriar-se no mundo em que encontramos, cada vez mais, do mesmo? O igual e o diferente comungam no semelhante. Cada ser tem a particularidade própria que o faz único. O espírito consciente entende o porquê estamos aqui. Já se perguntou várias vezes o sentido que a existência nos reserva. Portanto busca o entendimento, o esclarecimento e a sabedoria, nas vivências cotidianas. 






segunda-feira, 6 de maio de 2019

Salvar o planeta


O mundo é como uma nave. Uma grande embarcação, onde estamos juntos para usufruir dos recursos naturais, a navegar no espaço sideral. O ecossistema, ao natural, está em equilíbrio. Contudo, sob a ação do homem, clama respeito. Tanto o reino animal como o vegetal carecem dos maiores cuidados humanos. O espírito esclarecido move-se à preservação ambiental. O desenvolvimento sustentável é a única solução para salvar o planeta.


sábado, 4 de maio de 2019

O Comunicador - Vol CLXIX


A vida inicia aos quarenta


A VIDA INICIA AOS QUARENTA

Quanto mais me aproximo dos quarenta, mais reflito sobre aquela expressão que diz que 'a vida inicia aos quarenta'. Pensando bem, faz sentido. Sinto a maturidade das vivências e experiências cotidianas. As memórias resgatadas, desde a infância, adolescência e juventude, nos reencontros com velhos amigos. Episódios singulares relembrados. Além das novas vivências.

Meu filho está com vinte e um anos. Meu pai fez a passagem quando eu estava com dezesseis. Desde então, aprendi a buscar o conselho nos livros. Agora, mais nas vídeo-aulas no Youtube. Leituras e releituras que me proporcionam captar o mundo por vários ângulos. Particularmente, estou melhor que aos trinta em tudo. Mais instruído que aos vinte. Mais maduro.

O certo é que estou no limite para algumas mudanças. Estou me recriando. Renovando a forma como lido com o dia-a-dia. Me sinto mais preparado, como se tivesse nascido pronto, a enfrentar os desafios. Vencer as demandas. Conquistar objetivos e avançar. Sempre em frente.



sexta-feira, 3 de maio de 2019

A Magia


A magia está presente no dia-a-dia. O Guerreiro sabe que traz um Mago em si. Percebendo que o universo interage na batalha. Nos processos cotidianos, enquanto realizamos as tarefas profissionais ou pessoais, a magia está em ação. O pensamento atrai situações. O equilíbrio emocional é responsável pela estabilidade mágica. As emoções funcionam como imã que atraem por magnetismo situações sintonizadas com o estado espiritual.  Portanto, cultivar bons sentimentos e o pensamento positivo é fator condicional à criação do campo magnético responsável pela construção do mundo em que vivemos. 

A magia está presente nos sucessos e insucessos. Nas vitórias e derrotas. Nas escolhas e consequências. A magia move o mundo e as pessoas. A natureza e o cosmos respondem por leis naturais chamadas 'leis mágicas'. Estas leis regem o cosmos e atuam sobre a ação e reação, causa e efeito, daquilo que fazemos, pensamos ou sentimos. Principalmente quando cultivamos determinados pensamentos ou emoções. A magia também atua sobre as relações humanas. Como interagimos com os semelhantes. Que ganhos ou perdas temos em cada relação. 

O certo é que a magia atua sobre a interação do mago com o micro e macrocosmos. O mundo próprio e o universo paralelo, assim como o mundo coletivo real onde vivem todas as pessoas. O mago tem consciência que somos o espírito encarnado. existimos desde antes desta encarnação e continuaremos existindo como espírito. Assim como o Guerreiro que traz o Mago em si, o Mago traz o Guerreiro no próprio âmago. Como subjetividades que fluem pelas veias fazendo o curação pulsar. Enfim, a magia é o coração secreto do universo sobrenatural. 




quinta-feira, 2 de maio de 2019

O Guerreiro Justo - Batalhas cotidianas


Os desafios movem o guerreiro que sabe o que quer. Acreditar no sonho e abraçar o desafio é diferencial nas batalhas cotidianas. Vencer a guerra requer vencer as batalhas diárias. O caminho é definido no plano estratégico. As armas, escolhidas conforme habilidades do guerreiro. A fé move o Guerreiro naquilo que realmente acredita. Ser confiante, e ter pensamento positivo, é diferencial à jornada. 


sexta-feira, 26 de abril de 2019

Recrie-se



As leis quânticas desafiam o espírito a recriar-se como ser encarnado. Agir sobre a matéria e o plano espiritual requer aprendizagem constante. O espírito guarda as vivências além das encarnações.

quarta-feira, 24 de abril de 2019

REAL IMAGINÁRIO



O mundo imaginário, criado no pensamento, paralelo ao mundo real, alimenta a realidade. O discernimento consciente permite a apropriação mútua dos elementos e estados racionais, emocionais ou sobrenaturais. A energia presente no diapasão e na sintonia, ou frequência, do magnetismo. A magia ocorre ao natural conforme o conhecimento apropriado pelo mago (médium).

As religiões trabalham alegorias. Por vezes, a mitologia confunde-se com fantasia. O próprio sincretismo greco-romano, ou afro-brasileiro, emerge como forma politeísta, assim como na Índia ou Egito, diante o mundo monoteísta judaico-cristão (e árabe). Tal como crêem espíritas ou budistas. O espírito que somos converge ao singular. Criaturas perante o poder superior.

O segredo está além dos nomes. O que trazemos na gente. O que somos. O que cabe como verdadeiro no legítimo 'Eu Sou'. O ser plural-singular. O segredo encoberto. Livre das nomenclaturas ou definições existentes. A essência mudada pelo ecossistema. O caminho escolhido, a verdade escrita e a vida vivida. Enfim, a redescoberta ao início cotidiano.

Quanto às energias elementais, podemos dizer que têm nomes distintos conforme a ciência, filosofia ou religião que as estuda. O que significa cada nome? Em que elemento é encontrado? Como é apropriado, absorvido, puxado ou incorporado? Eis o segredo guardado pelos magos quanto ao sobrenatural.

pazdornelles.com

OBS: Mago é aquele que estuda a relação quântica, elemental ou sobrenatural dos elementos como combustível ao espírito. Incluindo as relações com o mundo material.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Salvo Salvo .'.

Jorge Guerreiro - Nos ajude a vencer demandas. 
Jamais diga 'sai daqui' ou 'sai da frente' ao devoto d'Ogum. Isto ofende o Orixá. Devotos são unidos pela causa.

Muitas pessoas pensam que 'Santos' e 'Orixás' são fraude histórico. Contudo, lhes afirmo que me ajudam desde guri. 

Na Igreja Invisível os adotamos como guias. Ogunhê Axé .'.

segunda-feira, 22 de abril de 2019

O Suicídio virtual, drogas e backup


O suicídio devido ao hackeamento das mídias sociais cresce cada vez mais. Que valor tem a vida? O que faz as pessoas se apegarem tanto à produção virtual? Por que os hakers atacam pessoas inocentes que realizam seus trabalhos na web? Como proteger o conteúdo pontual (aquele em que o backup não serve para nada, por ter data certa à postagem)? Diariamente vejo pessoas se entregando ao álcool e às drogas porque tiveram seus sites bugados. Será que é isto mesmo? Fatalmente, isto ocorreu comigo quando meu youtube foi deletado. Estava há cinco anos longe do pó. Agora estou há dois querendo sair. Como proteger o conteúdo midiático, já que o backup não serve para nada quando a postagem só tem valor no dia? O certo é que isto ocorre com pessoas esquizofrênicas ou bipolares. Mesmo assim, por algo tão insignificante, o que faria um ser humano se matar? O trabalho construído em dez anos ou mais, vale a vida? Certamente que não. Mas vale o esforço em cada produção. Mesmo assim, evitemos brincar quanto à vida alheia. Jesus perdoou nossos pecados. Quem tem Jesus, sabe.




Aos quarenta


Às vezes penso que minha vida está o caos. Principalmente por estar procurando trabalho aos trinta e nove anos. Ainda buscando a estabilidade profissional. Então me lembro dos trinta anos em que pesava 120kg e passava pelas pedras. O pior vício que já conheci. Agora, há mais que nove anos limpo daquele inferno, Mestre em Comunicação, com cinco livros e cento e setenta antologias publicadas. Membro da A.L.M.A.S., penso que tenho que reiniciar nova jornada. Por isto não reclamo mais do tabagismo. Do alcoolismo, marijuana e teco. Aprendi a ser feliz nestes campos em confronto. Embora busque a liberdade dos vícios. Desafiador é libertar-se das marcas ancestrais. Nem sempre nos relacionamos bem com todas as pessoas. Sou difícil ao relacionamento e bipolar. Mas ainda acredito no amor. Sobretudo, no estudo e no trabalho. Venho me virando como posso para complementar a verba. Não é fácil colocar queijo e presunto todo dia na geladeira. Mas aprendi a não reclamar a vida. Olhe ao redor. Desfrute a liberdade. O certo é que sorrir é remédio. Assim como chorar, às vezes. Nem todos ouvem nossa oração. Alias, quem atende e intercede seria como santo. Embora creio no Divino como único Santo e Pai, eventualmente recorro ao universo e natureza ao gritar ''SOCORRO". Nem todos têm família. E quem tem, nem sempre tem boa relação com todos. Nem sempre tem piedade quando era a hora; ou boa recomendação. Embora venho mantendo os laços ancestrais, sinto que devo formar nova família. Ter alguém para lutar junto. Abrir caminhos e desbravar a vida que inicia aos quarenta.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Atos


ATOS EM ATA - Cap I

O corpo é o templo do espírito. Eis que o Guerreiro, trabalhado pelo Divino, escapa do álcool pela água pura. A fumaça cede lugar ao ar puro. A noite, à luz diurna. O médium vem trabalhando-se no processo (autoajuda) ao ajudar-se e aos espíritos presentes decididos à esta escolha. A maioria bebe ou fuma. Mas abraçam o desafio no livre arbítrio.

'O dia (tempo) é o que tem-se para trabalhar as atividades, escolhas e caminhos'.


TUDO MAIS

Isto tudo não é tudo. Definir-se como certo, bom, justo ou forte é limitar-se. Sendo que trazemos conosco isto, o contrário e mais.

GUIAS ESPIRITUAIS

A maioria dos guias espirituais que ajudam este mundo ainda não têm nome religioso.

PRUDENTE

Quanto ao que diz, pensa ou pratica; O prudente está a salvo dos equívocos precipitados; O sábio aprende a aprender; O esclarecido adquire entendimento; O justo respeita a lei; O bom não olha a maldade alheia; O certo é exemplo a ser seguido.

O LOUCO E O MAGO

O Louco e o Mago são como opostos. O 'Zero' vive o questionamento: "Onde ir? Quem somos? O que fazemos aqui?"; enquanto o Arcano '1' sabe o que. No tarô simboliza o início cotidiano. Quando Hórus vence Set e inicia o dia com objetivos definidos. Ou a longa jornada iniciada. O iniciado.

O SER

'Eu Sou' é o segredo que permanece encoberto.

Definir-se, ou definir o 'Verbo, é equívoco. O segredo está além do que sabe-se.

Embora inúmeras religiões definem o ser e o Criador. Ainda somos segredo a ser desvelado. Ou mantido encoberto.


terça-feira, 16 de abril de 2019

Ao Que ?


Deus d'guerra fez a encomenda. Muitos receberam moedinhas no troco, outros se desapropriaram por inteiro do ferro.

Eis que os quais se julgaram cavalos, e violaram os mandamentos, tiveram a cabeça cortada como cães.

O Sol estava no pico, quando vim ao mundo. Era quinta-feira Grenal. No aniversário Farroupilha.

Está por vir, aquela me honrará.

Kao Kao Oke Aro Ogunhe Axé *

"DESTALHO"

Ao trabalho
ou retalho?

Corra 
ou morra
no talho

A fumaça
é trapaça
que está no baralho

Caralho?
Cascalho?
Alho ao vampirismo
Ao confucionismo
Ao ficcionismo
Ao fetichismo

Estamos aqui
no mar das ideias
sangue nos olhos
éter nas veias


segunda-feira, 15 de abril de 2019

Escritos



ESPIRITUAL

Elas me deram anéis e nunca mais as vi. Mas é como se ainda estivessem ligadas em cima.

QUEM SOU

Embora pai. Trago o filho comigo. Não falo do meu guri, que tem vinte e um anos. Mas do filho que fui na infância. Portanto, quando olhares nos olhos deste pai e veres o filho, saibas que ele ainda vive neste homem.

No mais é 'olhos e não me vejam'.

O QUE QUERO LÁ


Deitar na grama ou na areia. Olhar o céu e ouvir o mar. Ouvir os pássaros cantar. Chimarrear ao por-do-sol. Assistir bom filme. Trabalhar, estudar e treinar. Dormir junto e acordar para o café. Coisas simples que nos completam. Isto que quero lá onde estou indo.

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Trabalhando os ancestrais e guias


'Desfumar' o 'pai' (ou o velho) - Prática religiosa em que o médium (Caboclo) ajuda a entidade ancestral, com quem fumava junto, a substituir o fumo por outras coisas. Geralmente dura algumas horas até convencer a 'entidade'. Seguido por dias (semanas, meses ou anos) ao ar puro. Esta prática, por homens, geralmente é feita na terça ou na quinta. Conforme o Orixá Guia.

Eventualmente, 'desfumar' acompanha a desintoxicação alcóolica consumindo o Caah aprontado pelo Pajé (Shaman). Esta prática é posterior, quando o guia (espírito que fumava junto) está 'desfumado' no médium.

Algumas pessoas (leigos) costumam despachar na terra, repartir em banda ou vender em loja, o tabaco por benefícios. Mas desconhecem que se trata dos guias ancestrais. O espírito desfumado, ao contrário disto, permanece (zelado) com o médium.







Oração ao Divino e Orixás


Oh Deus d'guerra,
Senhor dos Senhores

Guerreiro que sou
Como mestre e mago
A empunhar a espada (dizendo)

Sagrado Divino 
Conceda-me
Sabedoria

D'Oxalá, o amor
D'Yemanjá, o azul 
D'Ogum, a guerra
D'Yansã, o ar
D'Xangô, o justo 
D'Oxum, o ouro
D'Oba, a força

Baraque o diga 
A gente se ajuda

Que assim seja


Oração ao Divino e Orixás



Oh Deus d'guerra,
Senhor dos Senhores

Guerreiro que sou
Como mestre e mago
A empunhar a espada (dizendo)

Sagrado Divino 
Conceda-me
Sabedoria

D'Oxalá, o amor
D'Yemanjá, o azul 
D'Ogum, a guerra
D'Yansã, o ar
D'Xangô, o justo 
D'Oxum, o ouro
D'Oba, a força

Baraque o diga 
A gente se ajuda

Que assim seja

terça-feira, 9 de abril de 2019

Registros


Medidas pesadas

Dom Béh queria café (com leite). Oba ofereceu-me frutas. Dom Cam estava pela lei; Dom Que, pela honra em nome das linhas que adotou em destratos feitos. Nos pontos cardeais e espaciais, encomendas nas encruzilhadas, além das rosas e lojas. Na espada do Guerreiro; do machado achado, Axé.

No livro, estão eternizados.

'Zi' (entidade auto-intitulada nesta abreviatura) trabalhava junto à indústria automobilística; Mas foi criado pela indústria tabagista.

Este só bebia café puro. Ao provar o com leite e vodka, foi adotado pelo Bába. Em novo laudo, já aceitava adoçante. Embora utilizemos "Sucre" d'cana.

O visitante perguntava o nome dos mortos.

Caboclo ancestral, intitulado Sepé, disse: "Na América bebe-se chimarrão".

Além das estradas férreas e camisas em algodão. "Aqui fabricamos tudo", disse o estrangeiro a Dom.

'Cuia, erva e avião'.


Atos em Ata




Havia três velhas na cozinha. Ancestrais e visitantes desencarnadas que jamais deveriam ser confundidas com nenhuma. Uma era grande e azul; e dizia: "Este é meu homem". Outra era amarela e dizia com convicção: "Este é meu pai". A terceira era verde e procurava outra (rosa) que estaria por vir.

As três se transformaram em onça e entraram no quarto, dizendo: "Estamos em casa". Uma pomba branca, que viu tudo, entrou pela janela em minhas costas. Uma cinza foi sacrificada. A vermelha, cacarejando, teve a cabeça cortada. Eram quatro horas na madrugada.

A amarela nunca deveria ser usada; Salvo por quem desejaria perder tudo. A azul era trabalhada apenas pelo médium, exclusivamente, em si.

Oke Aro disse: "Agora enviem-me as azuis e as rosas".

Kao Kao uniu-se a Ogunhe Axé.

9/4 7h

terça-feira, 2 de abril de 2019

Trabalhos Espirituais


Trabalhar o céu e a terra não é tarefa fácil. é necessário estar em sintonia com os Orixás. Zelar o 'santo' é o mínimo que o médium deve fazer. estar alinhado com os interesses do céu e terra. Abrindo caminho a novas possibilidades. Auxiliando e sendo ajudado na obra espiritual. O sobrenatural exige o comprometimento e a fidelidade dos pais e mães d'santo. Assim como dos Magos que trabalham tais energias. 


segunda-feira, 1 de abril de 2019

Plural Unidade


Desde quando os 'Orixás' foram adotados pela Igreja Invisível como anjos na Terra, na unidade do Divino E.S., a pluralidade tornou-se singular comunhão.

Zombeteiros, obsessores ou esclarecidos; Anjos iluminados ou demônios em recuperação; Santos ou pecadores; São bem vindos à unidade para cultuar exclusivamente ao Nosso Senhor Jesus.

Oh Divino; Intercedei por nós.

Saravá Orixá; Juntos somos o que somos.

Oke Aro Ogunhê Axé .'.


sexta-feira, 29 de março de 2019

Ca peão



Campeão foi despachado. Fumando e bebendo ceva. Adotado pelo Mestre que disse: "Prometo que aqui será recuperado. Vamos ajudá-lo a cortar a ceva e o fumo".

Dois vícios que desejo libertar-me. 
Duvida? Pague pra ver! Axé .'.

Ore


Vinde oh Divino
Enche-me das tuas virtudes
Unge-me nos teus dons
Toma meu arbítrio 
Guia-me ao bom caminho

Ao que acredito
Ao certo e justo

(A)

quinta-feira, 28 de março de 2019

No mundo dos terráqueos


"Nem todos acreditavam em santos, anjos, deuses ou orixás. Na pura ingenuidade, alguns acreditavam em duendes, fadas e gnomos. Mortos, mártires e heróis. Fantasmas, almas ou espíritos. Outros duvidavam quanto a Cristo, Mohamed ou Kardec. Demônios ou Ets. Mas o certo, oh seres humanos, é que a gente existe".

Disse o zombeteiro (mensageiro) ao barbear-se frente a selfie.

Riu e completou - "Não duvide dos smurfs, superman e power rangers. Saci, lobixomen e Tiaraju".

Iluminate-te (esclareça-te) e saberás onde ir.

Luz pra nós!!

terça-feira, 26 de março de 2019

Quanto às almas - A mentira tem preço


O diabo costuma comprar as almas pelo pecado. Dentre os mais comuns, e ingênuos, pecados humanos oferecidos pelo diabo é a mentira. Portanto, confesses a quem mentiste, aquilo que guardaste em segredo. Pois só assim saberás quem cultiva a piedade. Já que o salário do pecado é a morte (espiritual). Enquanto, à remissão, a vida eterna. 





Quem tem coração


O destino traz as pessoas às nossas vidas. O que aprendemos? O quanto mudamos para melhor? Que pessoas queremos ao nosso lado?

Afasta-te daqueles que querem apenas te usar e valorize quem permanece ao teu lado. Não seja como o objeto descartável que é posto fora após o uso. Domine-se a si próprio. Saiba escolher quem tem coração. Jesus nos ama.


O amor na prática sexual


Ter o(a) parceiro(a) exclusivo(a) à relação sexual permite o desenvolvimento espiritual conjugal. Sexo por sexo é vazio. Sem amor, nada seria.

O diabo costuma desviar as pessoas do amor, conduzindo-as a usar umas as outras, no vazio espiritual, pensando apenas no prazer momentâneo.

Usar e ser usado é o que o diabo nos oferece. Por outro lado, Cristo defende a fidelidade e a submissão ao conjugue. Com piedade e tolerância. Faça a sua parte. Lembre que Deus vê tudo.

Diferente disto, prefira estar a sós. Ore a Jesus para que te liberte dos 'maus pensamentos' (desejos carnais pecaminosos).

Você tem esta encarnação para acertar a escolha. Não morra em vão; Viva em Cristo!


segunda-feira, 25 de março de 2019

(Vigília) Ao Grande Lobo


Dizem os lobos orientais que os devedores seriam buscados e engolidos no pós vida. Hórus é testemunha dos ditos e feitos humanos. Set não perdoa aqueles que tramam na madrugada enquanto os inocentes dormem (Quem diria, Oh Banda Quim). Cristão sem piedade não é cristão. Quem sabe somos anteriores à cruz. Como espíritos que buscam evoluir. Que Jesus nos ama, é verdade. Que Jesus morreu por nós, para que fossemos perdoados das transgressões a colher os bons frutos das coisas boas que plantamos, é balela. Aqui se faz; Aqui se paga. Isto é anterior à piedade (dom divino e prática cristã). Orar ao Cristo, sem praticar a piedade, ou ao Justo, sem praticar a reparação dos danos, é ofensa ao Sagrado.

Moedas ao barqueiro? O quanto vale a alma? Preserve teu espírito no bom caminho, enquanto há tempo.

sexta-feira, 22 de março de 2019

Desafiado

'Afasta-te Satanás. Liberta-te do pecado, Oh pecador'.


Tua alma vale mais que teus pecados. Renuncie já. Pois o céu é distante do inferno.

Quando muitos assinaram seus contratos, desafiei-o.

O Diabo é temente ao Pai.


quinta-feira, 21 de março de 2019

Oração (Cipriano).



"Compadecei-vos, Senhor, de todos aqueles que sabeis serem vossos por sua fé, esperança e boas obras, e vos suplico que aqueles que estejam ligados com feitiços, bruxarias ou possuídos do espírito maligno, os desateis (Em nome do Pai, do Filho e do E.S.) para que possam, com toda liberdade, vos servir com boas obras e que os desinfeiticeis (Em nome do Pai, do Filho e do E.S.) para que possam usar de seu arbítrio em vosso serviço; que os desembruxeis (Em nome do Pai, do Filho e do E.S.) para que o lobo raivoso não possa dizer que tem domínio sobre alguma ovelha de vosso rebanho, comprada a custo de vosso preciosíssimo sangue derramado no monte do Gólgota.

Livrai-nos, Senhor Todo-Poderoso, do anjo rebelde, para que, já livre do inimigo comum, vos louvemos, bendigamos, adoremos, exaltemos, santifiquemos e confessemos a Vós, ao Pai e ao Espírito Santo, com todo o coro de Anjos, Patriarcas, Profetas, Santos, Santas, Virgens, Mártires, Confessores de vossa Santa Glória.

E vos suplico, Senhor, que em nome de Santa Justina preserveis ao vosso servidor #JulianoDornelles (Em nome do Pai, do Filho e do E.S.) de todos os malefícios, perfídias, enganos e ardis de Lúcifer e de perseguir Vosso Santo Nome, que para sempre louvado seja"

quarta-feira, 20 de março de 2019

Encruzilhadas



O Diabo estava na encruzilhada. Comendador das almas. Negociava sonhos. Avaliava pesos e medidas. Estipulava retornos ao pecado e preço ao que tem valor. Distribuindo assinaturas. 

Mesmo sabendo que o bastante não tem preço, Satanás propôs-me o pacto. Embora o tenha desafiado e retornar à luz. Lúcifer jamais se dobraria ao Pai. Meu Rei ainda tem esperanças quanto aos anjos rebelados. No entanto, Satã continua negociando almas. 

Os vícios que adquiri nos caminhos cruzados pelos quais andei, colocaram-me em conexão com o mundo diabólico. Os ’infernos’ estavam distribuídos entre os bares, prostíbulos e bocas de fumo. Ambientes que cruzei enquanto entre os vinte e trinta anos. 

Desde então mantive o Diabo na garrafa. Ou na seda do fumo. Sob doses espaçadas, mantivemos o diálogo por longo tempo. Dentre os demônios, no entanto, havia os quais ainda desejavam retornar à luz. Afastando-se dos vícios e trabalhando as virtudes divinas.

Este era o convite que lhes fiz nas encruzilhadas. Para que seguissem-me os quais quisessem ajudar neste sentido. Libertando-se dos vícios e buscando o entendimento no estudo, no diálogo e na aprendizagem cotidiana. 

O Diabo ainda queria negociar. Sabendo que esta alma é ganha pelo Espírito Santo, pelo livre arbítrio, em nome do Cristo. 

Na presença de alguns anjos, invoquei os demônios que encontrei nas encruzilhadas. Chamando-os à remissão dos pecados. Cada vez que o Diabo me propunha o pacto, lá, no mesmo momento, desafiando-o, reforcei o convite aos demônios em retornar ao bom caminho. 

Ajudar-se foi a forma encontrada para trabalhar estes espíritos obsessores, juntos aos guias destes trabalhos. O certo é que sessão estava virando tal como cosplay. Era preciso colocar ordem na casa e doutrinar os zombeteiros que atendiam como santos ou orixás. Em nome dos ‘deuses’ ou do ‘Diabo’ (ou ‘diabos’). Dentre os guias, obsessores ou zombeteiros. 

O certo é que a remissão ao Divino continua sendo a salvação.