quinta-feira, 19 de julho de 2018

Devotos



O Guerreiro compreende que que o caminho precisa ser trilhado com devoção. O que realmente queremos? Temos certeza disto? Então, nisto temos que investir o tempo. Aproveitando o caminho para crescer em conhecimento e maturidade. Insistir naquilo que realmente temos interesse. Somando-se quando temos a oportunidade. 

Perseverar é manter-se no bom combate. 


quarta-feira, 18 de julho de 2018

Ao destro; 'O Mãe'


Naquela época, Zi Nino julgava-se justo. Com os braços cruzados, tocava "tudo de bom", "Deus perdoa" e "igualmente". Quando descobriu que Nada é igual ao Verbo, e Ninguém é santo, anjo ou demônio, novamente, resolveu pensar diferente. Saiu do inferno e agora comunga ambos estados.

Disse o Mestre . . .

Sigo
pois me disseram para seguir

Sigo
pois sei que vamos conseguir

Sigo
e prossigo
O que tenho é seguir

As linhas tortas
as velhas portas
o inferno e a derrota

Sigo além das rotas
liberto-me das chacotas
que ouvi

Sigo por onde me vejo
conseguir

'Quando entenderam, cortaram as próprias cabeças*

Uma delas dizia 'beba'; outra dizia 'fume'.



terça-feira, 17 de julho de 2018

Caminhos


O que nos faz seguir? Quem realmente se importa? O que tem valor para nós? O que nos faz ganhar o dia? Que atividades nos engrandecem? O que nos impulsiona à frente? O que nos motiva ao caminho que escolhemos? Quem realmente vem para somar? Como podemos nos ajudar?

Nem sempre temos os mesmos objetivos, hábitos ou crenças. É justamente a diferença que nos faz semelhantes no mundo das desigualdades. As prioridades nem sempre convergem. Pensar diferente é arriscado. Mais arriscado é seguir a maré.

Então, como saber que estamos no caminho certo? Que atividades preservamos ao dia-a-dia? Do que devemos ser livres? Libertando-se do que é oposto ao progresso.

Cada ser escolhe o caminho que acredita. Mas, com tantos caminhos, o que realmente nos faz bem? Nisto temos que investir cada minuto diário. Tendo certeza do caminho que escolhemos, agir e avançar é necessário.

Onde somos bem quistos? Nestes lugares temos que somar forças. Ajudando-se mutuamente. Quem nos valoriza? Justamente quem merece respeito e atenção. Assim, certamente, acertaremos as escolhas.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Felicidade



O segredo à felicidade é simples. Em vez de  deixar para ser feliz quando alcançar os objetivos; quando arrumar trabalho, receber o salário, entrar em forma, passar na prova, deixar de fumar, ganhar a luta, etc. Ser feliz é, por vezes, esquecer a cobrança pessoal para com os objetivos a médio e longo prazos, momentaneamente. Curtir o Sol, o ar e as coisas boas que fazemos no dia-a-dia. Portanto, olhemos ao redor. Há bastante a nos inspirar a ser feliz no agora.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Lendas ou mitos


O imaginário alimenta a realidade. Como diria Superman: "Para o alto e avante!"."Ao infinito e além".

Nietzsche definia a expressão 'superman', antes mesmo do herói MARVEL existir, como aquele que confia em si e atribui a si as consequências das próprias escolhas.

Saci e Boi-ta-tá sabem disto.


quinta-feira, 12 de julho de 2018

Esclarecidos



A quem prestas tua devoção; Ao ódio ou ao amor?

Todo aquele que me procura, me encontra. As portas mantém-se abertas a quem vem.

Mas, antes, liberte-se do pecado que me fere.

Eram Pais de Santo; No mundo dos irmãos, a entrada custou-lhes a vida. Levantados pelos filhos. Agora rangiam ao Cam.

Vejo estas coisas desde guri. Agora que sou homem, entendo.

Estou aqui, há bastante tempo, como Pai desta casa. Nas lojas, sou conhecido como Guerreiro. Irmão dos filhos, desde que batizei-me no Grande Oriente.

 Assim; Julgo-me o próprio.

Na Rosa, por sua vez, as filhas eram orientadas a ser fiéis e tolerantes.

A vingança não era medida a ser aplicada. Outrora engolissem sapos.

O contrato é anterior ao nosso tempo. Embora o feminismo tenha acabado com o respeito unilateral e a piedade feminina. Certas filhas continuam cumprindo o contrato. Pelo amor ou pela família.

Yansã mante-ve fiel a Jesus. Como Obá ao Pai.

Jesus é o Mestre que nos ensina o caminho.

"Afasta o teu caminho da mulher adúltera, e não te aproximes da porta da sua casa".

"Não permitas que teu coração se desvie para o caminho da mulher imoral, nem vagues desorientado pelas trilhas dessa pessoa".

"E não vos associeis às obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, condenai-as"

Zé Pila estava na sessão. A sobriedade espantou-me. Parecia mudado.

Zi retirou-se no próprio mundo. Tocando, por escrito, o Mestre disse estas coisas.

Este era o registro d'1 Banda, orientado pelos próprios guias.

Caboclo estava na jaula.

A ratoeira estava armada

Babá ensinou-me a ser Bá.

Allah não bebe na casa d'Jáh; Oxalá prefere água, luz e ar puro.

Santo Anjo não perdoa. 'Eu Sou' é Vingador.

'Este tabuleiro está completo' - Disse O Banda.

Jesus é o Mestre.

Elas me deram seus anéis. Que até então os guardo. Aqui tem saída; Mas nem sempre tem volta. Tudo é escolha.

José bebia café na casa do Jesus. Era outra vida. Dois mil anos à frente.

'O espírito carece esclarecimento' - Disse o Mestre.

Os trabalhos estão abertos.

O melhor do ser está no espírito.

Os dons e as virtudes.

Ligado às estrelas, onde nenhuma pessoa mais estava ligada, o Mestre orou aos ancestrais e abençoou o trabalho.

Os livros eram os filhos mais novos. Em que anjos e demônios estavam dentre o Verbo e o diabo.

A mensagem é subliminar.

Axé .'.



quarta-feira, 11 de julho de 2018

Desapegos


O espírito emerge em jornada evolutiva. Desprender-se dos apegos será necessário para ser livre. As vaidades, a luxúria, a ganância e os vícios, destroem o desenvolvimento espiritual puro. O que é baseado no amor, no trabalho e no desenvolvimento moral. O orgulho também é responsável pelo afastamento das pessoas, umas das outras, ou dos ambientes e atividades que lhe caberiam na simplicidade, igualdade e fraternidade. Por isto, seguir é necessário. Libertando-se dos apegos físicos ou materiais. Apegando-se a si e ao próprio caminho. Às virtudes e dons divinos. 


terça-feira, 10 de julho de 2018

Seguindo


O tempo nos ensina a ser forte. Cada vez que seguimos e nos libertamos das antigas amarras, trazemos conosco a maturidade das vivências. Dos relacionamentos às experiências profissionais. Seguir implica libertar-se do que nos aprisiona. A experiência, guardamos à jornada.

A certeza de que novos momentos emergirão, faz com que sigamos confiantes no próprio caminho. Avançar requer libertar-se. Mas, também, é necessário ter no que se apegar. O próprio trabalho. Estudos ou atividades cotidianas diversas. 

O certo é que o tempo não espera. Por isto, temos que estar sempre prontos para seguir. O que vem para somar, sempre arrumará como continuar em nossas vidas. No entanto, o supérfluo, assim como o que nada acrescenta, é deixado no caminho. 

Por isto é importante somar. Isto é o que nos faz seguir juntos. Os bons momentos. O que guardamos na memória. A parceria ideal. Que se encaixa ao suficiente. Quando se torna desnecessário buscar algo por fora. Quando nos completamos por inteiro.

Sim, o tempo não espera. Esteja pronto para seguir. Desapegue-se das prisões relacionais. Das saídas e traições. Venha ser livre. Quem sabe, seguimos juntos. Como irmãos que somos. 

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Inspiração


A inspiração é algo que está além do entendimento humano. Cada espírito a busca em situações diferentes. Seja pela música ou passeio à natureza. Inspirar-se é buscar o instinto criativo no âmago do ser. O que nos move? O que nos motiva a criar? Produzir coisas novas ou diferentes? É justamente a inspiração que emerge nos momentos criativos. Algo que nos induz a criar. Nisto, é necessário criar este ambiente (inspirador) para que nossos caminhos nos inspirem à criação.

Ponha o fone nos ouvidos. Saia para caminhar. Curta a chuva e o Sol. Exercite-se. Converse com pessoas. Tudo é válido quando nos inspira a agir. Mover-se. Recriar-se. A inspiração é o estado do espírito em que nos induz a pensar diferente. É quando encontramos soluções às antigas questões. 




quinta-feira, 5 de julho de 2018

Falanges - Cap I


Liam-se os nomes nas lápides. Com moedas, sobre as covas, encomendou-se as almas. O exército estava formado. A testemunha, o diabo.

A entidade apresentou-se como Baraque Deus da Guerra (Guerreiro do E.S.)

Os espíritos foram recrutados sob voluntariado. Além das encruzilhadas. Formando falanges. Este foi o primeiro dia. 


O Guerreiro Justo - Ao destino


O Guerreiro segue a jornada. Livre das relações que nada acrescentam. Firmando parcerias onde é bem vindo. O Guerreiro entende que tem uma missão a cumprir. Os desafios são intermináveis. Perseverar é o caminho.

As batalhas são escritas em capítulos. O capítulo é cotidiano. O que posso fazer para tornar-me melhor? Para evoluir como pessoa e profissional? O que devo levar a diante? O que devo deixar no caminho? O que devo guardar para todo o sempre?

O mundo é um grande mercado. Quase tudo é moeda de troca. Será preciso saber no que investir e o que priorizar. Pois são as escolhas que definem o rumo. O destino é consequência das escolhas que fazemos. O  Guerreiro sabe disto. 

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Desarmado


Seu bando estava desarmado, pois havia traído Ogum. Enquanto Yansã manteve-se fiel a Jesus. Cá estamos, em guerra. Obá diz: 'Força e luz. Juntos somos fortes'. Na casa d'Oxalá. Em ano d'Xangô. Iemanjá é testemunha. 

Nenhuma ainda chora por Ninguém.
Nenhuma ainda ri sem saber.
Nenhuma jamais esqueceu Nenhum.
O tiro que ainda lhe rasga o peito.

'Que venham as filhas' - Disse o Pai - 'Temos arroz e feijão'.


terça-feira, 3 de julho de 2018

O Guerreiro Justo - Mesa virada


O Guerreiro compreende que alguns episódios são cíclicos. Os momentos se repetem. Situações que vencemos em certo momento e temos que vencer novamente. Para isto é necessário lembrar o que aprendemos nas batalhas anteriores. O que vem funcionando. No que podemos melhorar. 

Seguir é inevitável. Sempre deixamos algo no caminho que reencontramos lá na frente. Outras situações, jamais serão revividas. Parte delas são escolhas. Outras são o acaso. Além do que chamamos destino. O que está no mapa astral verossímil. A missão neste mundo.

O Guerreiro compreende o que as cartas lhe mostram. Há uma troca espiritual no mundo. Nem todos estão acordados. O vampirismo existe entre os seres humanos. Nem todos recusam ao pecado. Muitos perdem a cabeça. Salvo o Guerreiro, que compreende tudo isto. 

Por isto, o Guerreiro evita confrontos. Escolhe ser pacífico. Desperta, diariamente, pronto para encarar o dia. Com o pé direito, levanta-se, sabendo exatamente o que fazer. É justamente, este comprometimento que torna eficaz o caminho do guerreiro.

Avançar requer seguir. Esquecer o que nada acrescenta. Focando nas batalhas cotidianas. Pois em algum momento, a mesa foi virada. Trezentos e sessenta graus, sentido horário. Portanto, seguir é ir em frente. Sempre em frente. Somando-se onde somos bem vindos. 


domingo, 1 de julho de 2018

Direitos Autorais



Conforme movimentação anormal nos acessos deste blog, os textos estão sendo investigados (também em italiano, inglês e espanhol.) após o testemunho que tais textos foram apropriados por ghost writers.

Três autores e um videomaker estão sendo investigados.

Por isto temos o capricho de trazer registrados em livros (ISBN) desde 2010. Assim como em antologias, newsletters e pdf com data de upload.

Para citar  textos cite o autor (fonte/créditos).

Faremos o que cabe à lei.

Axé

Revolução


sexta-feira, 29 de junho de 2018

Sessão Aberta


Eventualmente, falo sobre a luta para libertar-me do tabagismo. Nesta semana, consegui a façanha. Mais de quarenta e oito horas livre do tabagismo, entre terça e quinta. Mas o que isto tem a ver? Tem a ver com os espíritos que orientam esta casa. Fumantes e não-fumantes pediram-me que vetasse o tabaco. 'Embora espíritos ligados em banda, resolvemos seguir por aqui. Pai Dornelles nos ajuda'.  

(...)

"Mas Jesus lhe ordenou: “Embainha a tua espada; pois todos os que lançam mão da espada pela espada morrerão!"" (Mateus 26:52)

"Pois ela serve a Deus para o teu bem. Mas, se fizerdes o mal, teme, pois não é sem razão que traz a espada. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal" (Romanos 13:4)

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Tweets - By @pazdornelles




Na mitologia, a ciência é subliminar.

À ciência, mitologia é criação do imaginário.

Do enxofre ao éter; Mitologia é por sal na terra.

O domínio inicia no pensamento. O que pensamos?

Substituir cigarrilhos por polichinelos.

Vampirismo é triangulação onde deveria haver parceria.

Sintonia é pôr o imaginário no real.

www.twitter.com/pazdornelles


terça-feira, 26 de junho de 2018

Espírito


Evoluir é o desafio do espírito. A encarnação é oportunidade ao desenvolvimento. Para isto, será necessário libertar-se dos vícios, dominando desejos, anseios e inquietudes. É na paz espiritual que o espírito encontra-se como ser humano. O espírito encarnado humano. A consciência que habita o avatar animal. A missão e razão a que nos conduzimos, orientamos e doutrinamos.


segunda-feira, 25 de junho de 2018

Estando em si


Nem todo aquele que sai em si, está em si. No entanto, encontra-se o que permanece em si. Além das crises identitárias - 'Quem sou? Quem somos?' - Ao dia chuvoso; Ao ensolarado. A questão é singular. 

Seguir é retirar-se, resguardar-se ou salvar-se, ao próprio modo, no próprio mundo e nos lugares onde é bem vindo. Estando em si - 'nada se perde, tudo se transforma'. 

Além das encruzilhadas; No que acredito? Ogum? Xangô? Oxalá? Como acreditavam os gregos em Zeus, Perseu e Ares. Superman? Batman? Jesus? No poder superior? Basta! Sei no que deposito a própria esperança; Creio no que sou. Esta incógnita em constante recriação. 

Que o E.S. nos ilumine. 

"Eu Sou" está Conosco.




domingo, 24 de junho de 2018

O Guerreiro Justo - À batalha


O Guerreiro compreende que está onde está pelas escolhas que vem fazendo. Ninguém é responsável pela sua derrota ou sucesso, salvo o próprio guerreiro. O combustível que move o Guerreiro é a fonte donde extrai a energia ao combate cotidiano. Saindo da zona de conforto é necessário para vencer. Perseverando aos desafios.

Lutar é preciso. Ultrapassar os limites. Insistir nos objetivos é o que move o guerreiro. Eis o combustível às mudanças. As conquistas que trazem a felicidade e realização. 

O Guerreiro traz, em si, o Mestre. Este Mestre carece ser trabalhado em si. Encontrando-se na verdadeira essência. Na razão e consciência. Em atos. O que torna legítimo o 'Eu Sou'. 


sexta-feira, 22 de junho de 2018

Desafiando-se


Os caminhos emergem como saídas. Saídas à nova vida que tanto desejamos. Para isto será preciso livrar-se das amarras que nos prendem ao ontem. Os vícios e hábitos que nada acrescentam. Cultivando hábitos mais saudáveis. Pondo as atividades do cronograma em dia. Conforme as próprias escolhas. Ao caminho certo. 


quinta-feira, 21 de junho de 2018

O Homem (tweets by @pazdornelles)



O ser humano é o híbrido das variáveis que conhece.

Somos o que acreditamos, conhecemos, fazemos, defendemos, protegemos, ajudamos e sustentamos em atos.

Na singularidade; Nada é igual.

Na singularidade; Sou o próprio outro e o mesmo.

Alimento o velho e o guri que trago em si.

O espírito encarnado humano é o que somos.

Além disto, o que se desconhece.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

terça-feira, 19 de junho de 2018

Desafios


São os desafios que tornam a jornada interessante. Enfrentar a si mesmo, e ajudar o próprio outro, é como alimentar-se do bem e do mal. No entanto, costuma-se pender para o lado que nos identificamos. A sintonia traduz-se nas escolhas. O que queremos afinal? Estamos correndo na direção certa? O que temos que fazer para vencer? Que alternativas dispomos? Sabendo isto, vamos indo. Avante e à frente.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

O Guerreiro Justo - À jornada


O Guerreiro insiste na batalha. Sabe que o tesouro existe como recompensa. A conquista, eventualmente, requer mudança. Mudar a forma como se comporta na sociedade. A forma como absorve as diferenças. A forma como procede para com os outros. A forma como gerencia o próprio cronograma. Os hábitos, as virtudes e os vícios. 

A jornada é o presente maior ao guerreiro. Os desafios que encontra no caminho. Que o desafiam a sair do estado em que se encontra para ingressar em novo mundo. O desafio ao novo. À mudança para melhor. 

Nisto será preciso recriar-se constantemente. O desafio é logo ali. O mundo é o laboratório. A vida, o experimento. 


O Comunicador - Vol CXXIV


sexta-feira, 15 de junho de 2018

A Jornada do Herói


A maioria dos filmes de aventura obedecem ao formato comum da 'jornada do herói'. Segundo Joseph Campbel, as tramas envolvendo heróis são conduzidas por um fio condutor comum. No livro 'Herói de mil faces' de 1941, o autor desconstrói o que chama a 'jornada do herói mitológico'. Em que as tramas contadas através dos séculos obedecem à sequência dos passos e etapas descritas no livro. 

A jornada é composta por três etapas 'apresentação, conflito e resolução'. Os passos são doze. A partir do passos de Campbel, Christophers Vogler, criou um roteiro.




PRIMEIRO ATO - APRESENTAÇÃO

1 – MUNDO COMUM

O herói é apresentado no mundo cotidiano.

2 – CHAMADO À AVENTURA

Algo convida, ou desafia, o herói a uma aventura.

3 – RECUSA DO CHAMADO 

O herói procrastina a jornada..

4 – ENCONTRO COM O MENTOR

O herói recebe conselhos.

5 – TRAVESSIA DO PRIMEIRO LIMIAR

O herói deixa o seu mundo, num ponto sem retorno e ingressa em novo mundo a ser desbravado.


SEGUNDO ATO - CONFLITO

6 – TESTES, ALIADOS E INIMIGOS

O herói desenvolve habilidades e é testado. Qualificando-se ao desafio.

7 – APROXIMAÇÃO DA CAVERNA OCULTA

Em posse de um poder, ou arma mágica, o herói aproxima-se dos inimigos. 

8 – PROVAÇÃO SUPREMA

O herói enfrenta o antagonista.

9 – RECOMPENSA

O herói vence e conquista o prêmio.


TERCEIRO ATO - RESOLUÇÃO

10 – CAMINHO DE VOLTA

O herói inicia a jornada de retorno ao mundo inicial.

11 – RESSURREIÇÃO

O herói se transforma em alguém melhor.

12 – RETORNO COM O ELIXIR 

O herói volta ao mundo inicial transformado.


O interessante é salientar, que, assim como nos filmes, livros e games, a vida é uma jornada. O autor e protagonista é o próprio individuo que a percorre. Ou seja, eis a jornada. Convido-te ao desafio. Desbrave novos mundos. Pense diferente. Enfrente os adversários. Recrie-se. Transforme-se. E terás uma história para contar. 

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Prossumers HQ

São os desafios...

Que motivam...

O Guerreiro.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Guerreiro

Acreditar é a base para conquistar.

Agir é o que torna possível.

O verdadeiro guerreiro persevera.


terça-feira, 12 de junho de 2018

Theos



Na magia, Theos é a causa primeira. Divindade Triuna que rege o universo.

No Egito (Isis, Osiris e Hórus); no Hinduísmo (Brahma, Vishnu e Shiva); no Cristianismo (Santíssima Trindade).

Este poder sobrenatural é identificado, pelos magos, como espiritual, elemental e cósmico, agindo sobre a matéria.


segunda-feira, 11 de junho de 2018

Na terra dos Caboclos - Instruções ao Combate


O mundo vivia entre o caos e a ordem. A estabilidade era ansiada. Os seres humanos mostravam diferenças no comportamento. Enquanto uns dormiam, outros produziam. Os Caboclos haviam sido ligados ao Mestre; Encruzilhada fez-se presente na sessão.

Regados a café, debatíamos sobre coisas banais. O mundo químico era domínio do diabo. O álcool deveria ser banido durante a semana, assim como o fumo durante o dia. Era urgente abrir os caminhos.

Caboclo instruiu os guerreiros ao desafio composto em três etapas, com vinte e um dias cada. O plano foi traçado no papel. Cronogramas e atividades essenciais. Instruções ao combate cotidiano. 


sexta-feira, 8 de junho de 2018

Ao Pacto



Ao Pacto

Pai Jesus sabia que os velhos haviam esquecido o guri que trazem em si. Ludibriados pelas filhas, esqueceram-se o self. Saíram dos filhos e netos, ao retirar-se do semelhante. Perderam-se na taça do vinho e nas próprias medidas. Desorientados, os ninos maiores de idade, perderam-se na encruzilhada. Esqueciam tudo, inclusive o Sol do Sábado, para sair sexta à noite. O pacto deu-se na mesa dos bares. O Diabo estava sóbrio.

"Luz pra nós" - Disse o ser vivente - "À aurora, Jesus está acordado".


quarta-feira, 6 de junho de 2018

A quem importa?


Tornei-me radical quanto algumas coisas. Sei que encho os saco com batalhas que se estendem. O que seria das escolhas se não fizesse tal filosofia? Questionar é induzir a pensar diferente.

A quem importa nossos conceitos, salvo a nós mesmos? A quem importa conhecer o caminho, salvo a nós mesmos? A quem importa se lemos o livro? Treinamos o treino? Lutamos a luta? Rimamos o verso? A quem importa se bebemos ou não? Se fumamos ou não? Se corremos ou não? Salvo a nós mesmos.

E... quando inexiste o mesmo; A quem importa, tudo isto e além disto, salvo a nós próprios?

Há muito tempo, bebíamos o treino; fumava-mos a luta e corríamos os livros. Isto está mudado ou sendo arrumado? Quem me dera correr o fumo ou treinar a leitura para lutar verso a verso.

Psicografias do Imaginário


No pós guerra, passamos o inverno juntos. A erva sorvida no mate amargo ocupou o tempo que era do fumo. A decisão veio repentinamente. O Mestre manteve registrados os atos guardados na agenda. Além das datas consumadas; o agora e o futuro.

"Quando demora-se para abrir alguns caminhos é necessário passar por caminhos alternativos" - Disse o Mestre - "Nem todos os lugares têm portas abertas; portanto temos que nos deter ao que temos".

Quando temos aula, vamos à aula. Quando temos trabalho, vamos ao trabalho. Quando temos treino, temos que ir ao treino pois é isto que temos. 

Esqueça o bar, a praça e a televisão. Temos o que fazer. Mesmo que seja arrumar a casa ou fazer abdominais. 

Muitos jovens deixam a escola por ter que trabalhar. Outros trabalham porque não tiveram a oportunidade do estudo. O que dizer dos quais têm tempo livre? Ou não têm escolha?

A teoria é prática. É como se definem os conceitos. Na aprendizagem. No experimento. Na vivência. 

O caminho nos mostra o destino.

Prontuário do Espírito


As reações adversas eram tantas, que o álcool jamais deveria ser ingerido com o medicamento. Ao ler a bula, o mestre perguntou-se o que era mais importante. Então, despejou o vinho na água.

"Como posso ajudar?" - Perguntou o Mestre, já respondendo - "Salvo naquilo que temos interesse comum?".

Os trabalhos e estudos eram prioridade. Mas só eram possíveis quando em equilíbrio emocional, casa arrumada, treino feito e contas em dia. Para isto era necessário exercitar-se diariamente, cortar o fumo e o álcool. A academia era a cura encontrada ao emocional. A motivação que era necessária aos estudos e trabalhos; à saúde e relacionamento interpessoal.

Na encruzilhada se encontram os caminhos. Embora, como nos tabuleiros, passa-se várias vezes pela mesma casa, move-se conforme a peça. Impossível quebrar as regras. Há protocolos e burocracias. Temos que jogar o jogo.

No desafio cotidiano vive a batalha.