quinta-feira, 21 de junho de 2018

O Homem (tweets by @pazdornelles)



O ser humano é o híbrido das variáveis que conhece.

Somos o que acreditamos, conhecemos, fazemos, defendemos, protegemos, ajudamos e sustentamos em atos.

Na singularidade; Nada é igual.

Na singularidade; Sou o próprio outro e o mesmo.

Alimento o velho e o guri que trago em si.

O espírito encarnado humano é o que somos.

Além disto, o que se desconhece.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

terça-feira, 19 de junho de 2018

Desafios


São os desafios que tornam a jornada interessante. Enfrentar a si mesmo, e ajudar o próprio outro, é como alimentar-se do bem e do mal. No entanto, costuma-se pender para o lado que nos identificamos. A sintonia traduz-se nas escolhas. O que queremos afinal? Estamos correndo na direção certa? O que temos que fazer para vencer? Que alternativas dispomos? Sabendo isto, vamos indo. Avante e à frente.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

O Guerreiro Justo - À jornada


O Guerreiro insiste na batalha. Sabe que o tesouro existe como recompensa. A conquista, eventualmente, requer mudança. Mudar a forma como se comporta na sociedade. A forma como absorve as diferenças. A forma como procede para com os outros. A forma como gerencia o próprio cronograma. Os hábitos, as virtudes e os vícios. 

A jornada é o presente maior ao guerreiro. Os desafios que encontra no caminho. Que o desafiam a sair do estado em que se encontra para ingressar em novo mundo. O desafio ao novo. À mudança para melhor. 

Nisto será preciso recriar-se constantemente. O desafio é logo ali. O mundo é o laboratório. A vida, o experimento. 


O Comunicador - Vol CXXIV


sexta-feira, 15 de junho de 2018

A Jornada do Herói


A maioria dos filmes de aventura obedecem ao formato comum da 'jornada do herói'. Segundo Joseph Campbel, as tramas envolvendo heróis são conduzidas por um fio condutor comum. No livro 'Herói de mil faces' de 1941, o autor desconstrói o que chama a 'jornada do herói mitológico'. Em que as tramas contadas através dos séculos obedecem à sequência dos passos e etapas descritas no livro. 

A jornada é composta por três etapas 'apresentação, conflito e resolução'. Os passos são doze. A partir do passos de Campbel, Christophers Vogler, criou um roteiro.




PRIMEIRO ATO - APRESENTAÇÃO

1 – MUNDO COMUM

O herói é apresentado no mundo cotidiano.

2 – CHAMADO À AVENTURA

Algo convida, ou desafia, o herói a uma aventura.

3 – RECUSA DO CHAMADO 

O herói procrastina a jornada..

4 – ENCONTRO COM O MENTOR

O herói recebe conselhos.

5 – TRAVESSIA DO PRIMEIRO LIMIAR

O herói deixa o seu mundo, num ponto sem retorno e ingressa em novo mundo a ser desbravado.


SEGUNDO ATO - CONFLITO

6 – TESTES, ALIADOS E INIMIGOS

O herói desenvolve habilidades e é testado. Qualificando-se ao desafio.

7 – APROXIMAÇÃO DA CAVERNA OCULTA

Em posse de um poder, ou arma mágica, o herói aproxima-se dos inimigos. 

8 – PROVAÇÃO SUPREMA

O herói enfrenta o antagonista.

9 – RECOMPENSA

O herói vence e conquista o prêmio.


TERCEIRO ATO - RESOLUÇÃO

10 – CAMINHO DE VOLTA

O herói inicia a jornada de retorno ao mundo inicial.

11 – RESSURREIÇÃO

O herói se transforma em alguém melhor.

12 – RETORNO COM O ELIXIR 

O herói volta ao mundo inicial transformado.


O interessante é salientar, que, assim como nos filmes, livros e games, a vida é uma jornada. O autor e protagonista é o próprio individuo que a percorre. Ou seja, eis a jornada. Convido-te ao desafio. Desbrave novos mundos. Pense diferente. Enfrente os adversários. Recrie-se. Transforme-se. E terás uma história para contar. 

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Prossumers HQ

São os desafios...

Que motivam...

O Guerreiro.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Guerreiro

Acreditar é a base para conquistar.

Agir é o que torna possível.

O verdadeiro guerreiro persevera.


terça-feira, 12 de junho de 2018

Theos



Na magia, Theos é a causa primeira. Divindade Triuna que rege o universo.

No Egito (Isis, Osiris e Hórus); no Hinduísmo (Brahma, Vishnu e Shiva); no Cristianismo (Santíssima Trindade).

Este poder sobrenatural é identificado, pelos magos, como espiritual, elemental e cósmico, agindo sobre a matéria.


segunda-feira, 11 de junho de 2018

Na terra dos Caboclos - Instruções ao Combate


O mundo vivia entre o caos e a ordem. A estabilidade era ansiada. Os seres humanos mostravam diferenças no comportamento. Enquanto uns dormiam, outros produziam. Os Caboclos haviam sido ligados ao Mestre; Encruzilhada fez-se presente na sessão.

Regados a café, debatíamos sobre coisas banais. O mundo químico era domínio do diabo. O álcool deveria ser banido durante a semana, assim como o fumo durante o dia. Era urgente abrir os caminhos.

Caboclo instruiu os guerreiros ao desafio composto em três etapas, com vinte e um dias cada. O plano foi traçado no papel. Cronogramas e atividades essenciais. Instruções ao combate cotidiano. 


sexta-feira, 8 de junho de 2018

Ao Pacto



Ao Pacto

Pai Jesus sabia que os velhos haviam esquecido o guri que trazem em si. Ludibriados pelas filhas, esqueceram-se o self. Saíram dos filhos e netos, ao retirar-se do semelhante. Perderam-se na taça do vinho e nas próprias medidas. Desorientados, os ninos maiores de idade, perderam-se na encruzilhada. Esqueciam tudo, inclusive o Sol do Sábado, para sair sexta à noite. O pacto deu-se na mesa dos bares. O Diabo estava sóbrio.

"Luz pra nós" - Disse o ser vivente - "À aurora, Jesus está acordado".


quarta-feira, 6 de junho de 2018

A quem importa?


Tornei-me radical quanto algumas coisas. Sei que encho os saco com batalhas que se estendem. O que seria das escolhas se não fizesse tal filosofia? Questionar é induzir a pensar diferente.

A quem importa nossos conceitos, salvo a nós mesmos? A quem importa conhecer o caminho, salvo a nós mesmos? A quem importa se lemos o livro? Treinamos o treino? Lutamos a luta? Rimamos o verso? A quem importa se bebemos ou não? Se fumamos ou não? Se corremos ou não? Salvo a nós mesmos.

E... quando inexiste o mesmo; A quem importa, tudo isto e além disto, salvo a nós próprios?

Há muito tempo, bebíamos o treino; fumava-mos a luta e corríamos os livros. Isto está mudado ou sendo arrumado? Quem me dera correr o fumo ou treinar a leitura para lutar verso a verso.

Psicografias do Imaginário


No pós guerra, passamos o inverno juntos. A erva sorvida no mate amargo ocupou o tempo que era do fumo. A decisão veio repentinamente. O Mestre manteve registrados os atos guardados na agenda. Além das datas consumadas; o agora e o futuro.

"Quando demora-se para abrir alguns caminhos é necessário passar por caminhos alternativos" - Disse o Mestre - "Nem todos os lugares têm portas abertas; portanto temos que nos deter ao que temos".

Quando temos aula, vamos à aula. Quando temos trabalho, vamos ao trabalho. Quando temos treino, temos que ir ao treino pois é isto que temos. 

Esqueça o bar, a praça e a televisão. Temos o que fazer. Mesmo que seja arrumar a casa ou fazer abdominais. 

Muitos jovens deixam a escola por ter que trabalhar. Outros trabalham porque não tiveram a oportunidade do estudo. O que dizer dos quais têm tempo livre? Ou não têm escolha?

A teoria é prática. É como se definem os conceitos. Na aprendizagem. No experimento. Na vivência. 

O caminho nos mostra o destino.

Prontuário do Espírito


As reações adversas eram tantas, que o álcool jamais deveria ser ingerido com o medicamento. Ao ler a bula, o mestre perguntou-se o que era mais importante. Então, despejou o vinho na água.

"Como posso ajudar?" - Perguntou o Mestre, já respondendo - "Salvo naquilo que temos interesse comum?".

Os trabalhos e estudos eram prioridade. Mas só eram possíveis quando em equilíbrio emocional, casa arrumada, treino feito e contas em dia. Para isto era necessário exercitar-se diariamente, cortar o fumo e o álcool. A academia era a cura encontrada ao emocional. A motivação que era necessária aos estudos e trabalhos; à saúde e relacionamento interpessoal.

Na encruzilhada se encontram os caminhos. Embora, como nos tabuleiros, passa-se várias vezes pela mesma casa, move-se conforme a peça. Impossível quebrar as regras. Há protocolos e burocracias. Temos que jogar o jogo.

No desafio cotidiano vive a batalha.


terça-feira, 5 de junho de 2018

Prossumers HQ


Eis que os deuses astronautas anunciam a intervenção. Presentes no plano astral, como espíritos evoluídos, guiam os magos à magia. A tecnologia transformará o mundo. Teremos que ocupar outros planetas. Viajar pelo espaço. Multiplicar-se além do Sistema.


segunda-feira, 4 de junho de 2018

Auroras


Após o café, Caboclo preparava o Caáh ao Pajé. A erva do Diabo, moída e sorvida como chá. No poromgo, trabalhada a cabaça. Em ouro e prata, a bomba. Na sessão sagrada, os conhecimentos distribuídos em missões. 

Aos guerreiros, Caboclo instruiu.


domingo, 3 de junho de 2018

Sessão Aberta



'Sessão aberta' - Disse o pescador - 'Venho lhes contar esta história'.

Pai Jesus Guerreiro sabia que o vinho era o sangue. Santo Cam não se importou. Pois era anterior. Como 'Eu Sou'.

As águas que fluem das pedras. Ao Eldorado apontavam. Oxalá mostrasse-me os caminhos. Abertos como o céu após a chuva.

As luzes que atravessam os ventos iluminam o caminho. Estrelas que nos orientam. Como antigas referências.

O novo mundo a emergir. A recriação constante. Os ritos e os mitos. Rescussitados em Cristo.

Espíritos esclarecidos e testemunhos. Oh seres humanos. Que missão temos neste mundo?

Ao que nos orienta.

sábado, 2 de junho de 2018

O Comunicador - Vol CXXII


Ao estudo do ser humano



QUANTO AO COMPORTAMENTO HUMANO 

Nenhuma leitura se compara ao estudo do ser humano. O comportamento humano é facilmente compreendido através da observação empírica. Incluindo os próprios passos.

Estudar o comportamento humano é compreender caminhos,  tendências e escolhas.

O que faz jovens na mesma idade, bairro ou profissão, terem comportamentos diferentes? Enquanto alguns dormem; outros estão acordados. Enquanto alguns bebem; outros exercitam-se. Enquanto alguns assistem televisão; outros estudam ou trabalham. Óbvio que podemos fazer tudo ao mesmo tempo em completo caos. Embora (o faça), jamais recomendaria, ao fumante, correr. Salvo quando (nisto) torna-se ex-fumante. 

Quanto ao comportamento. Que influência tem a escola; ou a própria família? A fé e a instrução? A sociedade e o circulo social?

Certamente, tudo influencia em certo grau. Os ambientes, interações e hábitos. O clima, o tempo e a emoção. O bolso, o hábito e a ocupação. Enfim; que influências temos às próprias escolhas?

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Prevalecendo - Ao espírito


O que prevalece em nossas vidas? O que guardamos além dos tempos? O que realmente importa? O que tem valor? Eventualmente, questiono o amor. O que amo? Guardo e honro? Que pressa há no amor? Quando a calma traz a paz.

Na guerra é diferente. Lutar é prevalecer. Ter foco é diferencial quando visamos resultados.

O Mestre ensina que o amor ao trabalho vem antes do próprio trabalho. O amor ao caminho e aos projetos é o que possibilita ser feliz na jornada. Além dos resultados possíveis, amar o processo (desafios).

O verdadeiro ganho, ao espírito, está na aprendizagem.

Pelos direitos humanos, cada indivíduo é cidadão. Tendo direito a condições dignas. Ao trabalho, estudo e lazer. Onde encontramos isto? Crescer pelo próprio mérito. Em que mundo vivemos, afinal? O que tem valor, salvo o amor ao caminho?


quarta-feira, 30 de maio de 2018

Democracia Direta - À Revolução



Chegou a hora. Manifeste-se, povo brasileiro. O que fazer deste sistema falido? A democracia no Brasil já inexiste há bastante tempo. O mercado brasileiro vem sendo injusto com o povo. O médico é cubano; O produto é chinês. Os vendedores são haitianos e senegalenses. Enquanto o brasileiro procura emprego. 

Nem o exército; nem Temer ou Bolsonaro. Chegou a hora do povo assumir. Implantar a democracia direta pela Revolução. Temos condições suficientes para governar o país. Tecnologia e povo alfabetizado. 

O povo deve tomar o poder antes que o exército tome. A Revolução tem que ser feita pelo povo. Unindo partidos ou religiões. Esquecendo diferenças e lutando pela verdadeira democracia. Livre das representatividades. Diretamente, pelo povo e para o povo.

terça-feira, 29 de maio de 2018

Mensagem


Aos espíritos d'luz

"Nas lojas 'não tinha' preço; Nas encruzilhadas era gratuito. Apressei-me em buscar. Salvo o que cabe-me, o mais é business" - Disse irmão lobo, disfarçado d'Nossa Senhora.

As unhas eram como garras. Usava manto sobre os ombros. Olhando pela parede. Na parte mais alta.

Eventualmente, o velho baixa para ocupar o banquinho d'madeira. Então conversamos em silêncio. Às madrugadas, os cães acordam-me para mostrar-me as armações do inferno.

'Anjos d'terra. Venham e vamos; cavalos ou guerreiros' - Digo-lhes.

Na aurora, Set/Hórus.


segunda-feira, 28 de maio de 2018

Seres humanos - Igualdade, semelhanças e diferenças


A diferença, igualdade e semelhança, entre os seres humanos é explícita. Cada indivíduo pensa pelas próprias experiências. O conhecimento empírico que cada ser traz. A aprendizagem acumulada. As atividades cotidianas, os hábitos e crenças. O comportamento humano é singular, particular e universal. Por isto somos únicos e tão semelhantes. 

Perante as leis divinas, e os direitos humanos, prega-se (defende-se) a igualdade. Contudo, no mercado profissional, nos relacionamentos e amizades, prioriza-se caráter, disciplina e produtividade. Isto é o que faz sermos tão diferentes. Embora semelhantes. 

Compreender isto é compreender que as diferenças nos fazem semelhantes dentre tantas igualdades. A religião, a posição política ou o time pelo qual torcemos. Os hábitos e cronogramas. Os ritos e crenças. Isto é o que compõem a singularidade dos indivíduos. Compreendendo isto,  estamos mais perto das igualdades sociais, políticas e religiosas. 

domingo, 27 de maio de 2018

Quanto à greve dos caminhoneiros no Brasil


O que dizer dos seres humanos que permitem acontecer o que está acontecendo no Brasil? A paralisação dos caminhoneiros contabiliza dias. O combustível acabou nos postos. Polícias e ambulâncias estão sem combustível. Faltam produtos nos supermercados. Hospitais, creches, escolas, etc. Para completar, na segunda-feira os professores não irão lecionar. Isto me lembra um antigo rock do profeta Raul Seixas (O dia em que a Terra parou).

A fragilidade é exposta. O país que depende dos caminhoneiros para trabalhar. O que houve com os trêns? O transporte ferroviário? E as hidrovias que há tanto sonhamos? Este momento é crítico. O exército toma as estradas para transportar combustível e alimentos. Classes se unem aos caminhoneiros por dias melhores.

O governo é lento. A burocracia é lenta. A democracia representativa é lenta. O que dizer deste caos, salvo o prenúncio á ordem racional? Tupã nos ajude. 

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Recriando-se


Vivemos sobre escombros. Heranças ancestrais doutros tempos. Mundos construídos sobre mundos. Mitos que engoliram outros mitos. Crenças que desmancharam outras crenças. O mundo é instável. Vulnerável. Porém, viável. A ordem que tanto desejamos. O progresso que temos que alavancar. Ainda há tudo por fazer. Salvo os escombros. As obras já inauguradas. Os prédios a serem derrubados. O plástico, papel, metal e vidro. O mundo do combustível. Viável e instável. 

A qualquer momento a bolsa quebra. As estradas congestionam-se. O combustível dispara. Os preços sobrem. O povo entra em colapso. O caos generaliza-se. As demandas aparecem. Assim como novos caminhos e soluções. Será preciso recriar-se; Ajudar-se e somar.

Sim, irmãos. A bomba atômica existe. Desarmado, lhes digo isto. Acredito no progresso, na ordem e na paz. 



quinta-feira, 24 de maio de 2018

À Lei dos Irmãos


Eventualmente, sinto-me como José do Egito. Embora tenha fugido do poço e sou livre. Nem imagino o que tenha ocorrido por me sentir assim. Mas ninguém é vitima. Estou acordado como Ben Hur ou Arimatéia.

Hei Nino; Bomba ou fino?

O certo é que os irmãos de José do Egito desfizeram-se das próprias linhas ancestrais ao vender o irmão. José era o orgulho do pai (Jacó).

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Dos Orixás

Mestre 'Jesus Guerreiro' - Sincretismo: (Oxalá d'Ogum).

Jesus Guerreiro é o que faz a diferença. Como costumo dizer por aqui, Oxalá d'Ogum é hibrido. Como ser humano também traz em si as energias do Axé. O amor d'Oxalá, a ira d'Ogum, a vaidade d'Xangô e as propriedades mais diversas dos Orixás. Num ser único , traz a influência e poderes dos Orixás. Jesus Guerreiro está além do que se sabe. Além do amor, caridade e piedade, Oxalá d'Ogum, assim como o E.S., é piedoso e vingador. Assim como Xangô, não hesita em executar a sentença que cabe às Leis divinas, mas, também, perdoa quem se arrepende, renuncia o pecado e/ou é piedoso. Portanto, sejamos fieis às escrituras sagradas. Há o que chamamos elo (em comum) entre os ritos e crenças. A convergência mitológica nos traz à origem dos cultos antigos dos deuses e Orixás. 

'Eu Sou' está Conosco. 

terça-feira, 22 de maio de 2018

Biografias ao amanhecer


'Justo é carregar o próprio cavalo ao subir a lomba'.

'Meu guri, que era ateu, hoje acredita no pai'.

Salvo Oxalá, Pai Nosso, Ogum é o único pai que tenho desde os dezesseis. Por honra ao ancestral direto (devoto) espírito desencarnado em desenvolvimento. Além disto, hoje 'Eu Sou' é o Pai.

(filhos: cinco livros, três e-books e cento e setenta antologias)

Conheça nosso trabaho em pazdornelles.com

Ogunhê Axé .'.


segunda-feira, 21 de maio de 2018

O Guerrreiro Justo - Ao tempo certo


O guerreiro compreende que existem caminhos a seguir. As escolhas determinam o rumo. Por isto é importante ter atitude e decisão. Ter certeza do que se quer. Aprimorar as habilidades durante a jornada. Jamais por o carro na frente dos bois ou executar o passo maior que a perna. 

Há tempo para tudo. Como está escrito em Eclesiastes, "Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz".

Por isto o Guerreiro Justo mantém a calma. Sabe que após a tempestade vem a bonança. A calmaria é apropriada ao pensamento cauteloso, ao planejamento consciente a aos atos racionais. Então, retira-se no deserto interior para rever os planos. Assim aproxima-se dos melhores resultados. 



sexta-feira, 18 de maio de 2018

Shabbat Shalom


Saudações Pai Oxalá; Jesus disse: "Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados! Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra!". Assim a paz foi lançada como semente ao coração humano. O amor que perdoa e não tem ciúmes. A rocha e fortaleza humana. 'Eu Sou' está Conosco.

'Irmãos, independente do que crêem, o mundo das drogas conduz ao inferno. Incluindo o álcool, as substâncias químicas em geral alteram o comportamento humano, a concentração e a destreza. Influendiando nas atividades diárias. Por isto, é importante ser livre. Liberte-se'. 

(por espíritos esclarecidos)

'Eu Sou' ou o diabo. Em que depositas tuas crenças? Pense nisto.

Shabbat Shalom


quinta-feira, 17 de maio de 2018

Está escrito



Tocado pelo E.S., já não acredito em mais nada. Mas creio em si.

Na roda dos orixás, caboclo disse tudo. Às sete encruzilhadas. Além dos ventos.

O guerreiro assume a missão. Quando 'Eu Sou' é suficiente. Tudo nos é acrescentado.

O espírito cresce no esclarecimento.

Caridade, amor e altruísmo, são atos necessários à humanidade.

Sem amor o que seria do ser humano?

Ninguém está livre do pecado ou remissão. A consciência emerge na vivência. Podemos mudar para melhor. Bastante é escolha. Quando nos ajudamos, tudo é possível.

Cada ser tem algo único. A singularidade na pluralidade que o compõe. Como o pensamento cosmo-pensante. Infinitos Eus imersos na identidade. Subjetividades. Criaturas, a criação e o Criador.

Nem o pecado; Nem a santidade. É a possibilidade evolutiva que faz o homem.

A consciência é independente dos atos. Com o tempo, trabalhando-a, impõe-se nas escolhas.

Sempre digo ao universo o que quero. 'Eu Sou' está conosco.

'O que penso do ser humano, e como procedo com, é o que terei' - Disse o Mestre.

Há virtudes por trás dos pecados. Em cada ser. Alguns pecados são remissíveis.

Tenho a missão, como profissional, em atender o que me proponho. Jamais desistirei dos seres humanos enquanto desejam ajudar-se. Jesus nos ama.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Axé


'Não se pede o mesmo a Oxalá' - Disse o Babá - 'Aceita-se o amor e isto basta'.

Jamais fira o orgulho daquele que se ama. Honre o que te faz bem. Guarde o que é bom.

'Preservo o que honra-me. Valorizo o que valoriza-me. Protejo o que me defende. Amo o que respeita-me. Respeito o que perdoa. Ajudo o que ajuda-me. Honro quem me respeita e perdoa. Como o tempo aprendo a retribuir melhor' - Disse o Mestre.

'Eu Sou' está Conosco. Aqui somos em unidade. Basta.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Escrituras



A primeira consulta, semelhante a nenhuma outra, Oxalá escreveu em guardanapos: 'Exercite-se; beba água; Ande à luz' - A mensagem, como o pai ao filho, endereçada a si próprio.

'Elas não sabiam. Mas quando fechavam os olhos, estávamos lá; Oxalá tivessem visto'.


segunda-feira, 14 de maio de 2018

O Guerreiro Justo; Ajudar-se


A mudança persegue o guerreiro. A consciência que temos que mudar algumas coisas na jornada para alcançar objetivos a médio e longo prazos. Rever a forma como levamos a vida. Reformular conceitos. Renovar as amizades. Quem sabe, o relacionamento com o cosmos, família e o trabalho. 

Mudar é atitude consciente quando mudamos para melhor. Nem todas as amizades são boas; Nem todo relacionamento é construtivo. Por isto, o Guerreiro Justo investe no que lhe acrescenta. A sintonia dos interesses. A afinidade. A possibilidade em somar forças.

Encontrar a parceria ideal à convergência dos interesses faz com que ganhemos tempo. Cada hora juntos é nova descoberta. Para isto é necessário mudar. Pôr as coisas no lugar. Assim conseguiremos nos ajudar.  

domingo, 13 de maio de 2018

O que queremos



Costumo dizer ao universo exatamente o que quero. Também explico o que tenho a oferecer. Procedo assim, olho no olho, pois, disse o Mestre:

"9 E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á;
10 Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á.
11 E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?" (Lc 11:9-11)

Portanto, me ajudo e respeito, pois me amo. Dou-me o que me peço. Nem mais; nem menos. Exatamente o que está ao meu alcance.



sexta-feira, 11 de maio de 2018

Jesus nos ama


'Não reclame. Agradeça. Olhe ao seu redor. Veja as coisas boas que o cercam. Olhe-se no espelho. Beba água. Tome banho. Ore. Muitos queriam estar no seu lugar. Independente do que tens. Saúde, instrução, fé, trabalho ou tempo. Jesus nos ama'. 

(Mensagem do Anjo Guardião)


quinta-feira, 10 de maio de 2018

Autoajuda - Além dos grupos


Desde que frequento as salas de autoajuda,  há vinte anos, devido ao exagero com o álcool, e outras substâncias quando bebia exageradamente, venho testemunhando relatos dos adictos em recuperação. Encarro as reuniões como terapia e estudo. Compreender o ser humano é compreender a si. 

Nas reuniões descobri que o fumo e o álcool, assim como as drogas em geral, são moedas de troca a quem para de usar ou reduz o consumo. Explicitamente, vejo adictos confessarem que buscam outras coisas no lugar que antes era das substâncias. 

Portanto, o cigarro não fumado, e o álcool não bebido durante a semana, tornam-se moedas às trocas. Ora por outras coisas, como trabalho, estudos, relacionamentos, atividades fisicas ou espiritualidade trabalhada; Ora, pela própria alma. 

Assim sendo, entro no negócio. Poderia ser chamado 'ruim' (por ser tão 'bom' em falar estas coisas) por dizer que agora utilizo o cigarro não fumado, nas encruzilhadas, em troca das coisas que realmente me importam. A primeira delas, que depende exclusivamente do 'não fumar', é a saúde. Junto com o ganho que temos em utilizar a 'grana não fumada' em novos investimentos. 

Sabe-se que há pessoas que não se relacionam com fumantes. Há estabelecimentos que não permitem a entrada do tabaco. Portanto, ser livre para ir além das encruzilhadas, é libertar-se dos vícios. O tabaco e o álcool (durante a semana), agora são substituídos por leituras, trabalhos, treinos na academia, corridas, passeios ciclísticos, publicações e postagens (fotos, vídeos, áudio e texto). Pois isto é o que desejo e tenho que fazer (como missão assumida).

Portanto, registro aqui o meu veto ao fumo (tabaco, cigarro, charutos, etc.) e ao álcool desregrado (quando em excesso ou durante o dia). Temos o que chamo 'responsabilidade social'. Em Prossumers é assim. A sobriedade, com saúde, em primeiro lugar. 

Em nome de Jesus; Que assim seja. 

quarta-feira, 9 de maio de 2018

O Guerreiro Justo - Aos sonhos


Será preciso acreditar nos sonhos. Ter objetivos que nos façam correr. Lutar por alguma causa. Além dos objetivos profissionais, há o que chamamos 'planos vital'. Lembrar-se que temos que preservar a saúde. Praticar atividades físicas e preservar a alimentação saudável. Eliminando vícios e hábitos destrutivos como o ócio, o marasmo e a procrastinação. 

Ninguém é vitima no mundo dos fortes. Somos responsáveis pelos caminhos que escolhemos. Pelo que construímos até aqui e pelo que estamos construindo. A obra pessoal transcende a obra profissional. O profissional é âmbito particular como o espiritual, por exemplo. Setores que temos que organizar com o tempo. Assim como família e lazer.

Acreditar em algo faz com que o Guerreiro se mova à frente. O faz levantar-se diariamente par correr na execução dos projetos que idealiza. O empurra e puxa ao que realmente interessa. Por isto é necessário saber o que se quer. Assim constroem-se os cronogramas cotidianos. 






terça-feira, 8 de maio de 2018

O Guerreiro Justo - Avante



O Guerreiro sabe que tem uma missão a cumprir. As demandas cresceram. O tempo voa sem parar. Os desafios emergem na jornada. Os cronogramas são revistos. As atividades cotidianas também. É preciso manter o que está certo e mudar o que tem que ser arrumado. 

Com respeito e amor ao próprio caminho, o Guerreiro segue libertando-se das amarras que prendem ao passado. Os vícios e perdições das noites nos bares e pubs. As manhãs perdidas dormindo até tarde. As noites jogadas fora em frente a televisão ou nas mesas dos bares. 

O Guerreiro está além desta vida. Passou por isto e segue em frente. Estas coisas não mais lhe fazem a cabeça. Prefere treinar do que encher a cara. Correr pela manhã que dormir mais. Ar puro do que a fumaça do tabaco. Água limpa e luz diurna do que o álcool nas noites em claro. Por isto, refaz escolhas e avança. 

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Na terra dos caboclos - Atos II.I


Na terra dos caboclos, o mestre já estava acordado desde cedo. Sabia das reuniões que ocorrem nas segundas pela manhã. O café estava pronto. Os guerreiros posicionam-se em volta dos anciãos e que os orientavam. 

Lá eram passadas as orientações à escalada semanal. Assim, como nos domingos, as tradições, pelos anciãos. O Caboclo, líder das terras correspondentes, orientava os guerreiros quanto aos trabalhos, aprendizagem, saúde pessoal e interações naturais. 

Orientados, os guerreiros levantam-se cedo para correr atrás dos objetivos e demandas a vencer. 'Sempre há algo para hoje; ou para agora; já ou o quanto antes'. Disse-se o Caboclo - 'O ontem é apenas memória. Memória que nos serve como chão ao hoje'. 

Compreendendo isto, os guerreiros focaram os pensamentos nas atividades cotidianas - 'O que temos que fazer para vencer os desafios?' - Perguntavam-se. 

A resposta surgiu em cronogramas. Os caboclos encerraram a sessão e seguiram além das encruzilhadas.